Publicidade

Flamengo e Fluminense sempre que se enfrentam trazem na lembrança momentos históricos do clássico. Assim neste domingo o MQJ Memória entra na história dessa rivalidade para relembrar um momento que passa muitas vezes batido. Isso porque um herói do Vasco, mas que vestiu as duas camisas do Fla-Flu, escreveu um capítulo importante deste confronto. Foi dele o milésimo gol da história dos Fla-Flus.

No dia 12 de setembro de 2004 as duas equipes se enfrentaram no Maracanã pelo Campeonato Brasileiro. Era um clássico com pouca importância, haja vista que nenhum dos times conseguia empolgar os torcedores.

O momento em que Edmundo dribla Diego (Foto: Youtube)

O Flamengo, sob o comando de Ricardo Gomes, tinha um dos times mais limitados de sua história recente. Tanto que chegou a lutar contra o rebaixamento. Assim Zinho, já no fim de carreira, era a grande referência de uma equipe que tinha Dimba no ataque.

Publicidade

MAIS!

MQJ Memória: Polêmica no Carioca faz o futebol relembrar Eduardo Viana, o Caixa D´água
MQJ Memória: Vivinho, o gol de placa de São Januário
Nomes de animais, MQJ Memória relembra craques bichos
MQJ Memória: Carlinhos Violino, o interino acostumado a dar voltas olímpicas
MQJ Memória: Cláudio Coutinho montou o inesquecível Flamengo

O Fluminense, já com suporta da Unimed, tinha uma equipe muito mais forte. Mas que também não estava brilhando. Apesar disso tinha nomes qualificados como o lateral-direito Léo Moura, os meias Ramon, Diego Souza e Roger Flores, além de Edmundo. O técnico Alexandre Gama tentava se manter no cargo.

Edmundo fez o gol no fim do jogo

Ramon lançou Edmundo no lance de gol. Mas foi mérito do Animal (Foto: Youtube)

Publicidade

As duas equipes fizeram um jogo nivelado pelo baixo nível de futebol. Aos 25 minutos o Fluminense abriu o placar. Após Ramon cobrar falta, Roger Flores aproveitou rebatida na área para vencer o goleiro Diego.

O Flamengo chegaria ao empate apenas aos 26 minutos do segundo tempo. Após cobrança de falta de Zinho, o zagueiro Henrique foi rápido e cabeceou para vencer o goleiro Fernando Henrique.

MAIS!

Publicidade

MQJ Memória: Zé Carlos, o Grandão do gol do Flamengo
MQJ Memória: Campeão mundial pelo Flamengo, Figueiredo morreu no auge da carreira MQJ Memória: Geraldo, o craque do Flamengo marcado por uma fatalidade
Alegria no apito: Margarida, o árbitro mais alegre da história do futebol

Quando tudo parecia caminhar para um empate veio o momento histórico do clássico. Ramon percebeu Edmundo livre no campo de ataque e lançou. O Animal aproveitou o erro defensivo do rival, invadiu a área, driblou o goleiro e mandou para o fundo da rede.

– Parabéns para todo o time. Tive o mérito de me posicionar bem e pensar com velocidade. Mas para o Fluminense foi muito importante. Assim vamos ter tranquilidade. Entretanto precisamos melhorar – disse Edmundo após o jogo.

Publicidade

MAIS!

MQJ Memória: O adeus a Clébson! O substituto de Jorginho
MQJ Memória: Daniel González, o uruguaio que fez história no Vasco e no Corinthians

Naquele dia o Fluminense jogou com: Fernando Henrique, Léo Moura, Odvan, Antônio Carlos e Marciel; Arouca, Diego Souza, Ramon e Roger (Esquerdinha); Rodrigo Tiuí e Edmundo.

Publicidade

MAIS!

MQJ Memória: Artilheiro no Flamengo e goleiro no Palmeiras
MQJ Memória: Botafogo perdeu Clei, o lateral que morreu por engano
Ézio, porque super-herói é pra isso que ele entra no MQJ Memória
MQJ Memória: Assis, o carrasco do Flamengo

Já o Flamengo formou com Diego, André Bahia, Henrique e China; Da Silva (Júnior), Zinho, Felipe, Ibson e Roger Guerreiro (Douglas Silva); Jean e Dimba (Dill)

Quem fez outros gols históricos?

Edmundo jogou no Flu na época das vacas gordas. Mas sem taças (Foto: Fluminense)

Publicidade

Se Edmundo fez o milésimo gol do clássico, outros craques também fizeram história com gols importantes. Um exemplo foi Edward Calvert, que fez o primeiro tento da história do Fla-Flu. Foi em 7 de julho de 1912, quando os tricolores ganharam por 3 a 1.

Relacionadas

O centésimo gol da história do Fla-Flu aconteceu em 14 de julho de 1923. Nonô, do Flamengo, deixou a sua marca no empate por 2 a 2. Além disso o gol 500 foi do ídolo flamenguista Dida, que fez o seu na goleada de 6 a 1 em 18 de dezembro de 1955.

Outros jogadores famosos que fizeram gols importantes assim foram Alcindo (gol 900 em 1997), Bebeto (gol 800 em 1988) e Luizinho Tombo (gol 700 em 1975). Hércules fez o gol 200, enquanto que o tricolor Pedro Amorim fez o gol 300. Mas o gol 400 foi anotado por Rubinho. Osvaldo II fez o gol 600. Assim o Fla-Flu construiu seus craques e histórias. Entretanto tem mais neste domingo.

Publicidade

MAIS!

MQJ Memória: Mazolinha, o craque que virou pedreiro
MQJ Memória: Berg, o Anjo Louro do Botafogo
Relembre grandes zebras do futebol carioca
MQJ Memória: America e Bangu, símbolos de uma época que o Rio tinha 6 grandes
MQJ Memória: Dener, o mais parecido com Pelé
Filho de peixe, relembre pais e filhos do futebol
MQJ Memória: Jorge Mendonça, o substituto de Dinamite

Comentários