Publicidade

Lionel Messi jogou na Europa apenas no Barcelona até esta janela, quando trocou o clube pelo PSG. Mesmo após mais de 15 anos servindo o clube espanhol, não rendeu nenhum centavo ao Barça. Mas Messi não está só. O MQJ Memória de hoje relembra craques que trocaram de clube de graça.

Só nesta janela a lista tem nomes de peso. O lateral austríaco Alaba assinou sem custos com o Real Madrid. Mas seu valor de mercado, 55 milhões de euros, nunca será recebido pelo Bayern de Munique. Já o goleiro Donnarumma deixou o Milan e fechou com o PSG sem custos. Mas vale 60 milhões de euros.

Galeria de Fotos

Vítima no episódio de Messi, o Barcelona se beneficiou nesta janela. O meia francês Memphis Depay foi para o Barcelona, deixando o Lyon, estando avaliado em 45 milhões de euros.

Publicidade

MAIS!

MQJ Memória: Polêmica no Carioca faz o futebol relembrar Eduardo Viana, o Caixa D´água
MQJ Memória: Vivinho, o gol de placa de São Januário
Nomes de animais, MQJ Memória relembra craques bichos
MQJ Memória: Carlinhos Violino, o interino acostumado a dar voltas olímpicas
MQJ Memória: Cláudio Coutinho montou o inesquecível Flamengo

Mas esse tipo de situação é antiga. Ídolo alemão, o meia Michael Ballack potagonizou duas vezes esse tipo de situação. Trocou o Bayern de Munique pelo Chelsea em 2006 quando valia 35 milhões de euros. Depois o clube inglês viu ele trocá-lo pelo Bayer Leverkusen em 2010/11 quando valia 20 milhões de euros.

Messi PSG Messi agora é do PSG. Mas foi de graça (Foto: C. Gavelle / PSG)

Mbappé pode aumentar lista

Publicidade

O atacante camaronês Samuel Eto’o foi para o Chelsea em 2013/14 de graça. Na época valia valia 22 milhões de euros e jogava no Anzhi Makhachkala da Rússia.

Relacionadas

Bem antes, em 2005, Luís Figo foi personagem deste tipo de situação. O português deixou o Real Madrid e foi para a Internazionale quando valia 20 milhões de euros.

MAIS!

Publicidade

MQJ Memória: O adeus a Clébson! O substituto de Jorginho
MQJ Memória: Daniel González, o uruguaio que fez história no Vasco e no Corinthians

E a tendência é que isso não chegue ao fim. Um exemplo disso é a tentativa do PSG de evitar que o atacante Mbappé deixe o clube rumo ao Real Madrid em 2022. O atleta se recusa a renovar e fica livre para assinar um pré-contrato em janeiro. Assim o atacante pode engrossar esta lista.

MAIS!

Publicidade

MQJ Memória: Mazolinha, o craque que virou pedreiro
MQJ Memória: Berg, o Anjo Louro do Botafogo
Relembre grandes zebras do futebol carioca
MQJ Memória: America e Bangu, símbolos de uma época que o Rio tinha 6 grandes
MQJ Memória: Dener, o mais parecido com Pelé
Filho de peixe, relembre pais e filhos do futebol
MQJ Memória: Jorge Mendonça, o substituto de Dinamite

 

Comentários