Publicidade

A parceria entre Pep Guardiola e Messi está na história do Barcelona e do futebol mundial. O técnico e o craque argentino brilharam intensamente juntos. Guardiola não esconde a importância do astro para sua carreira.

Em entrevista ao “Olé”, Guardiola se derreteu por Messi, a ponto de comparar o impacto do argentino a Michael Jordan, o melhor jogador de basquete da história, que brilhou pelo Chicago Bulls.

Messi e Guardiola Messi e Guardiola: uma história de sucesso | Foto: Imago Images

– Messi é tudo na minha carreira. Ele me fez ser mais competitivo. Havia muitos astros com uma idade perfeita e veteranos de bom nível naquela equipe, o que levou a uma dinâmica muito boa, que só acontece uma vez na vida. Comparo o Messi a Michael Jordan, na época em que Phil Jackson era o técnico e ganhou seis títulos. Eu também ganhei porque ele tornava tudo mais fácil. Ainda lhe devo uma garrafa de vinho porque me fez ganhar melhores contratos a partir dali – declarou Guardiola.

Relacionadas

Haaland Borussia Dortmund
Cristiano Ronaldo Manchester United
Lewandowski Bayern de Munique
Ronald Araújo Barcelona

Publicidade

O técnico do Manchester City também destacou a experiência e a maturidade de Messi na busca de mais um objetivo: a Copa do Mundo.

MAIS! Xavi aponta como o Barcelona pode convencer Haaland

– Espero que Messi chegue bem ao Mundial, que treine bem nestes meses antes. Não falo com ele desde a Copa América, mas não é fácil ser Lionel Messi e foi uma libertação para ele ganhar essa competição. Conforme você tem mais idade, a energia que você tinha há 10 anos não é a mesma. Ele mudou e se adaptou ao seu momento. Quando coincidimos no Barcelona ele tinha vontade de conquistar o mundo. Agora, com 35 anos, já sabe o que tem de fazer mais friamente – acrescentou.

Comentários