Publicidade

O Barcelona abriu os cofres para reforçar o ataque com Raphinha e Robert Lewandowski. Não à toa. O Barça ainda busca encontrar os rumos após a saída de Messi. De 2021 para cá, o clube espanhol soma oito contratações de atacantes e 158 milhões de euros (R$ 882 milhões) investidos no setor.

Messi deixou o Barcelona em 2021, após praticamente uma vida no clube espanhol. O baque, evidentemente, foi grande. Afinal, trata-se de um dos maiores jogadores da história do Barça.

Galeria de Fotos

Barcelona busca deslanchar no ataque

O Barcelona, ainda com a indefinição sobre Messi, já buscava reforçar o ataque. Agüero, na teoria, iria se juntar ao compatriota na Espanha. Contudo, ele viu o companheiro de seleção ir para o PSG. Memphis Depay foi outra cartada há um ano. Já Luuk de Jong chegou após a saída confirmada de Messi. Foi uma alternativa.

Relacionadas

Lewandowski
Cristiano Ronaldo Manchester United Atlético de Madrid

Publicidade

O início de Depay foi promissor. Contudo, ele teve problemas com lesões. Após a troca de comando – Ronald Koeman foi demitido e deu lugar a Xavi Hernández -, o atacante holandês perdeu espaço, especialmente com a chegada dos reforços de janeiro.

Barcelona Depay perdeu espaço no Barcelona (Foto: Getty)

Já Agüero sofreu um susto em campo. Em função de uma arritmia cardíaca, o atacante argentino se aposentou em dezembro. Ele fez apenas cinco jogos pelo Barcelona e marcou um gol.

Bayern de Munique leva joia das categorias de base do Barcelona

Publicidade

Luuk de Jong chegou ao Barcelona por empréstimo. Ele passou longe de ser uma unanimidade. Entretanto, foi importante em alguns jogos. Ele se despediu do Barça com sete gols em 29 jogos.

Janeiro agitado para o Barça

Ferrán Torres foi a primeira grande contratação da era pós-Messi do Barcelona. Em janeiro, o Barcelona pagou 55 milhões de euros (R$ 307 milhões, na cotação atual) para tirá-lo do Manchester City.

Ferrán Torres Frankfurt Barcelona Liga Europa Ferrán Torres é presente e futuro do Barça | Foto: Alex Grimm/Getty Images

O atacante espanhol se tornou uma peça importante do Barcelona. Ferrán Torres fez sete gols e distribuiu seis assistências em 26 jogos. É considerado como um nome fundamental para o presente e para o futuro.

Publicidade

Manchester United pode aproveitar ‘efeito Lewandowski’ e buscar velho conhecido no Barcelona

Aubameyang foi uma oportunidade. Ele saiu do Arsenal e foi para o Barça como opção de entregar gols para o time de Xavi. Foram 13 gols e uma assistência em 23 partidas. Com a chegada de Lewandowski, é provável que perca espaço.

Adama Traoré foi contratado para dar mais força ao ataque do Barcelona. Revelado pelo clube, ele teve um retorno discreto. Foram quatro assistências em 17 jogos. O Barça não exerceu a opção de compra junto ao Wolverhampton.

As novidades do Barcelona para 2022/2023

Publicidade

O Barça vai contar com o talento de Raphinha. A vontade do atacante brasileiro pesou. O Chelsea chegou a se acertar com o Leeds United, mas viu Raphinha aguardar a investida espanhola. Ele custou 58 milhões de euros (R$ 323,8 milhões).

Raphinha Barcelona Raphinha cercado de expectativa | Foto: Barcelona / Divulgação

Lewandowski será o novo homem-gol do Barcelona. Prioridade de Xavi, o Barça testou a paciência até dobrar o Bayern de Munique, que fez jogo duro. O artilheiro foi fundamental ao marcar terreno para sair do clube bávaro.

Após novela e uma longa negociação, o Barça acertou a contratação de Lewandowski por 45 milhões de euros (R$ 251,2 milhões). Assim, já são 158 milhões de euros (R$ 882 milhões) para ter um ataque de peso e mostrar que há vida sem Messi.

Comentários