Publicidade

O Manchester United caiu nas oitavas de final da Champions League para o Atlético de Madrid e viu a crise aumentar. Ídolo do clube, Paul Scholes não aliviou o lado do técnico Ralf Rangnick.

– Não entendo como foi escolhido para treinar este clube. Sinceramente, não sei, não compreendo. Contratar um treinador a sério é algo importante – declarou Scholes, à “BT Sport”.

Rangnick Manchester United Rangnick convive com críticas no Manchester United | Foto: PAUL ELLIS/AFP via Getty Images

Paul Scholes defendeu o Manchester United por toda a carreira e fez história no clube, colecionando títulos. Ele foi homem de confiança de Sir Alex Ferguson, lenda do United.

Relacionadas

Messi Cristiano Ronaldo
Haaland
Lukaku

Publicidade

O ex-meia acredita que o Manchester United teria avançado, se fosse comandado por Simeone, técnico do Atlético de Madrid. Scholes destacou a importância de o United acertar na escolha do próximo treinador.

Memphis Depay dá mole e Piqué aparece peladão em vídeo no Instagram

– Há talento nesta equipe. A primeira coisa que o Manchester precisa para se aproximar outra vez da conquista do campeonato é de um “treinador em condições”, que trabalhe para esta equipe. Se Diego Simeone estivesse no banco, o United teria seguido em frente – acrescentou.

Publicidade

Acabou o amor? PSG oferece Neymar ao Barcelona

Ralf Rangnick chegou ao Manchester United para substituir Ole Gunnar Solskjaer. Rangnick está na condição de interino até o fim da temporada. Erik ten Hag, do Ajax, e Mauricio Pochettino, do PSG, são apontados como favoritos do United para a próxima temporada. O nome de Thomas Tuchel, do Chelsea, surgiu no noticiário recentemente.

Comentários