Publicidade

Não é pouco dinheiro. A folha de pagamento do Manchester United disparou para £ 354 milhões por ano, algo em torno de R$ 2,6 bilhões. Isso com as contratações de Cristiano Ronaldo, Raphael Varane e Jadon Sancho, na última janela de transferências da Europa. Significa um aumento de 23,1% em relação aos números do ano passado no mesmo período.

Cristiano Ronaldo (7) chegou ao Manchester United na última janela de transferências (Foto: Uefa)

Leia também

PSG quer mais uma joia do Barcelona

Haaland, Oblak… Veja dez craques que estão fora da Copa do Mundo de 2022

Publicidade

Fortuna! O salário que Haaland quer conseguir no mercado da bola

Assim, o Manchester United aumentou sua folha de pagamento em quase um quarto, revelaram seus últimos relatórios financeiros. O orçamento do elenco somou primeiro trimestre de £ 88,5 milhões, em torno de R$ 660 milhões.

É certo que a receita do clube no trimestre aumentou no total, passando de £ 109 milhões em 2020 para £ 126,5 milhões – de R$ 810 milhões para R$ 940 milhões -, com o clube desfrutando de um impulso com o retorno dos torcedores aos jogos em casa.

Relacionadas

Neymar Eliminatórias
Lapadula celebra com os companheiros o gol que abriu o placar para o Peru, mas a Venezuela daria o troco - Foto: Edilzon Gamez/Getty Images
Mbappé PSG

Publicidade

As taxas totais a pagar por Cristiano Ronaldo, Sancho e Varane somam £ 127 milhões – R$ 946 milhões -, mas essas taxas serão divididas ao longo de várias temporadas, daí o lucro atual. A dívida líquida da United ainda é de £ 439 milhões – em torno de R$ 3,2 bilhões. É pouco?

Comentários