Publicidade

Os problemas financeiros do Vasco já vêm de muito tempo. Ídolo da torcida, o zagueiro Dedé participou do último grande título do Cruzmaltino, a Copa do Brasil de 2011. Dois anos depois, entretanto, se transferiu para o Cruzeiro e, desde então, deixou saudades.

Livre no mercado após rescindir com a Raposa, Dedé, hoje com 33 anos, participou do podcast Flow Sports Club e deu detalhes de sua saída. Com proposta do Cruzeiro, ele relutava em sair, mas um episódio em São Januário mudou seu pensamento. Ele conta que ao tomar conhecimento das dificuldades de um funcionário com os salários atrasados, percebeu que poderia ajudar o clube.

Campeão da Copa do Brasil em 2011, Dedé é ídolo da torcida do Vasco (Divulgação/CRVG)

– Eu e alguns jogadores ajudamos ele a pagar as contas, conta de luz… E aquilo ali me fez pensar: “será que estou sendo egoísta de não ir por Cruzeiro e dar uma verba pro clube pra pelo menos quitar o salário dos caras?” – contou Dedé.

Publicidade

– Então aquilo ali abriu minha mente um pouco e foi uma das paradas que me motivou a ir para o Cruzeiro pra ajudar também o clube – completou.

Leia Também:

Zeca pede que Vasco olhe para o futuro na Série B

Em alerta, Coxa pode ter mudanças contra o Vasco

Publicidade

Além disso, Dedé admitiu que a diretoria do Vasco, na época comandado por Roberto Dinamite, precisava que o negócio se concretizasse. Mas com a decisão tomada, o zagueiro fez questão de participar de mais um jogo para se despedir da torcida.

– A batida do martelo foi numa preleção. Aí a gente sentado na reunião com o Paulo Autuori, pra jogar, eles me tiraram da sala e continuaram a preleção. Isso para que eu não jogasse com medo de acontecer alguma coisa. Mas eu falei: “não, eu vou jogar pelo menos meu último jogo” – revelou.

Relacionadas

Dedé se recuperou de uma grave lesão no joelho e ainda tem esperanças de voltar a atuar em um grande clube. Mas até o momento não recebeu propostas concretas e apenas teve conversas informais com alguns clubes, inclusive com o Vasco.

Comentários