Publicidade

A derrota para o Cruzeiro na última rodada ligou o sinal de alerta no Coritiba. Isso porque o líder da Série B passou a correr o risco de deixar o topo da tabela na rodada seguinte. Mas o Botafogo só empatou com o Cruzeiro e tirou esta pressão do Coxa, mas mesmo assim a equipe deve ter mudanças para enfrentar o Vasco.

Neste sábado, o Cruzmaltino vai receber o Coritiba em São Januário e precisa da vitória para seguir sonhando com o acesso. Assim, o técnico do Auriverde, Gustavo Morínigo, estuda alterações e pode adotar uma postura mais cautelosa na equipe.

Coxa e Vasco empataram em 1 a 1 no primeiro turno, mas paranaenses vivem má fase e podem ter mudanças (Divulgação/Coritiba)

O revés em casa frente à Raposa, por 3 a 0, veio após dois empates seguidos. O Coritiba, portanto, não vence há três rodadas e só tem uma vitória nos últimos cinco jogos. A queda de desempenho reduziu a folga na ponta da tabela. Além disso, a fragilidade defensiva mostrada contra a equipe mineira preocupa o treinador.

Publicidade

O jogo contra o Vasco é visto como importante não só para se manter na liderança, mas também para recuperar a confiança após série de resultados. A expectativa é de que mudanças ocorram, especialmente no meio de campo, com o time atuando de forma mais compacta e fechada.

Leia Também:

Reforço! Léo Jabá volta aos treinos no Vasco

Fernando Diniz vai impondo estilo aos poucos no Vasco

Publicidade

O treinador, entretanto, tem problemas, já que os meias Val e Matheus Sales são dúvidas para a partida por questões física. Mas no ataque, Gustavo Morínigo pode ter o reforço de Waguininho, que se recuperou de uma lesão na coxa e vem treinando normalmente.

Vasco e Coritiba se enfrentam às 16h30 deste sábado, em São Januário. No primeiro turno, no Couto Pereira, as duas equipes empataram em 1 a 1. O Cruzmaltino leva vantagem no retrospecto geral do confronto, com 22 vitórias contra 14 do Coxa, mas a história recente é diferente.

Relacionadas

Cano Vasco

Fazem oito anos que o Vasco não vence o Coritiba. Em sete partidas, são três vitórias dos paranaenses e quatro empates. Além disso, nas última partida em São Januário, em janeiro deste ano, deu Coxa por 1 a 0.

Comentários