Publicidade

Na briga pelo título brasileiro, o Flamengo recebe o Corinthians, neste domingo, às 16h, no Maracanã. O Rubro-Negro se inspira na campanha de 2009, quando deu o bote na reta final e se sagrou campeão. Curiosamente, foi justamente depois de um jogo contra o rival paulista que o Fla assumiu a liderança naquele ano. O MQJ Memória pega carona no jogo deste domingo para relembrar aquela partida de 2009.

Zé Roberto Corinthians x Flamengo Zé Roberto abriu o caminho para a vitória do Flamengo | Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians / Divulgação

O cenário atual lembra o de 2009, em que o Fla precisa vencer e secar um rival. Na ocasião, São Paulo, Flamengo, Internacional e Palmeiras brigavam pelo título. Na penúltima rodada, o Rubro-Negro, então vice-líder, foi enfrentar o Corinthians em Campinas. A vitória carioca, aliada ao tropeço do São Paulo para o Goiás, colocou o Fla na ponta. O que vai acontecer neste domingo? O Internacional, atual líder do Brasileiro, enfrenta o Vasco, em São Januário.

MQJ Memória: Copinha da saudade! Relembre craques revelados pelo torneio

Publicidade

Aquele Corinthians x Flamengo de 2009 teve polêmica em campo e deu o que falar. O Timão mandou o jogo no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas. Campeão da Copa do Brasil daquele ano, o clube paulista cumpria tabela no Brasileiro – entrou na penúltima rodada como décimo colocado.

Flamengo não teve Adriano

Na briga pelo título, o Flamengo precisava vencer e secar o São Paulo para assumir a liderança. Foi o que aconteceu. O clube carioca não teve Adriano. O Imperador ficou fora do jogo em função de uma queimadura no pé esquerdo.

MQJ Memória: Relembre craques que foram campeões por Flamengo e Corinthians

Publicidade

O técnico Andrade escalou o Flamengo da seguinte maneira: Bruno; Léo Moura, Álvaro, Ronaldo Angelim e Juan; Airton, Toró, Willians e Petkovic; Zé Roberto e Bruno Mezenga.

MQJ Memória: Geraldo, um craque do Flamengo marcado pela fatalidade

Do outro lado, o Corinthians teve Felipe; Jucilei, Chicão, Paulo André e Escudero; Elias, Edu, Boquita e Defederico; Jorge Henrique e Ronaldo. Porém, o Fenômeno não ficou muito tempo em campo. Ele se lesionou aos 25 minutos minutos do primeiro tempo. Um minuto depois, o Flamengo abriu o placar.

Ronaldo Corinthians x Flamengo Ronaldo se lesionou no 1º tempo | Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Publicidade

Antes, o Flamengo já era superior. Após cobrança de falta de Petkovic, Álvaro acertou a trave logo aos quatro minutos. Willians, na sequência, perdeu chance clara. Bruno Mezenga, aos 11, também desperdiçou oportunidade. Aos 26, o Fla marcou com Zé Roberto. Toró lançou do meio de campo o meia-atacante, que ganhou na corrida e bateu para marcar 1 a 0.

O Corinthians quase empatou com Defederico. Ele driblou Bruno, mas não pegou em cheio na bola. Angelim conseguiu cortar praticamente em cima da linha. No fim do primeiro tempo, Bruno voou para espalmar cobrança de falta de Chicão.

A polêmica do jogo entre Corinthians e Flamengo

O Flamengo segurou o Corinthians no segundo tempo. E, aos 44 minutos, viu Dodô, que entrara no lugar de Escudero, fazer pênalti em Léo Moura. Os jogadores do clube paulista ficaram revoltados com a marcação do árbitro Evandro Rogério Roman. O lateral-esquerdo fez uma leve carga nas costas do atleta do Fla. Depois de três minutos, Léo Moura bateu no canto e fez o segundo. O goleiro Felipe esperou uma cobrança no meio e não pulou. Depois, ainda aplaudiu, ironicamente, a arbitragem. Este lance levantou polêmica e deu margem para especulação sobre entrega de resultado por parte do Corinthians, para prejudicar o rival São Paulo.

Publicidade

Como o São Paulo perdeu para o Goiás, o Flamengo pulou para a liderança. Na última rodada, venceu o Grêmio, no Maracanã, e se sagrou campeão em 2009.