Publicidade

A janela de transferência fechou nas principais ligas da Europa. Qual clube que mais investiu? A resposta é o Arsenal. Por sinal, os times da Premier League dominam este ranking que envolve muita grana.

Para se ter uma ideia, 11 dos 20 clubes que mais investiram nesta janela de transferência na Europa vêm da Inglaterra. É algo que não surpreende, devido ao conhecido poderio financeiro dos times, e reforça o status da Premier League.

Galeria de Fotos

Clubes que costumam movimentar o mercado da bola, Barcelona e Real Madrid não aparecem neste Top 20. O clube merengue bem que tentou, mas o PSG recusou um caminhão de dinheiro por Mbappé. Já o Barça vive um drama financeiro.

Relacionadas

Haaland Borussia Dortmund
Mbappé PSG

Publicidade

Além de 11 clubes ingleses, este Top 20 tem mais três times da Itália, três da França, dois da Alemanha e um da Espanha.

Os clubes que mais investiram na janela de transferência na Europa

O Bayern de Munique abre este ranking, com a 20ª posição. O clube alemão investiu 57,5 milhões de euros (R$ 351,3 milhões), sendo o zagueiro Dayot Upamecano o mais caro: 42,5 milhões de euros (R$ 259,6 milhões).

MAIS! Barcelona define ‘herdeiro’ de Messi: veja camisas 10 históricos do clube

Publicidade

O Leeds United, do técnico Marcelo Bielsa, gastou 58,9 milhões de euros (R$ 359,9 milhões) em contratações. Ex-Manchester United, Daniel James custou 29,1 milhões de euros (R$ 177,8 milhões).

Clima quente! La Liga nega benefícios a Barcelona e Atlético de Madrid

O Olympique de Marselha se movimentou para atender aos desejos de Sampaoli, que esperava mais. O clube francês investiu 60,22 milhões de euros (R$ 367,9 milhões). Ex-Flamengo, o volante Gerson foi o mais dos franceses nesta janela: 25 milhões de euros (R$ 152,7 milhões).

Gerson Marselha janela de transferências Marselha tirou Gerson do Flamengo | Foto: Imago Images

Atlético de Madrid é o representante espanhol

Publicidade

Atual campeão espanhol, o Atlético de Madrid aparece na 17ª colocação. O time de Simeone gastou 65 milhões de euros (R$ 397,1 milhões) em reforços. O argentino De Paul foi o mais caro: 35 milhões de euros (R$ 213,8 milhões). Griezmann voltou por empréstimo.

Rodrigo de Paul janela de transferências Rodrigo de Paul é uma das novidades do Atlético | Foto: Marian Ruíz / Atlético de Madrid / Divulgação

O Norwich investiu 66,15 milhões de euros nesta janela de transferências da Europa. O lateral-esquerdo grego Christos Tzolis custou 11 milhões de euros (R$ 67,2 milhões).

Mbappé posta mensagem ‘contra PSG’: ‘Adia teus sonhos para mais tarde’

Publicidade

O lateral-direito brasileiro Emerson Royal e o ponta espanhol Bryan Gil foram os mais caros do Tottenham nesta temporada. Cada um custou 25 milhões de euros (R$ 152,7 milhões). Ao todo, o clube inglês investiu 66,9 milhões de euros (R$ 408,7 milhões).

Emerson Royal Tottenham janela de transferências Emerson Royal é o novo reforço do Tottenham | Foto: Tottenham / Divulgação

O Leicester é o 14º colocado deste ranking: 67,6 milhões de euros (R$ 413 milhões). O reforço mais caro do clube foi o atacante Patson Daka, que custou 30 milhões de euros (R$ 183,3 milhões).

Premier League domina ranking da janela

A Atalanta gastou 68 milhões de euros (R$ 415,5 milhões) neste mercado da bola, sendo 20 milhões de euros (R$ 122,2 milhões) pelo goleiro argentino Juan Musso.

Publicidade

De volta à Champions League, o Milan investiu 72,7 milhões de euros (R$ 444,2 milhões) em reforços. O mais caro foi o zagueiro Tomori: 29,2 milhões de euros (R$ 178,4 milhões).

Fikayo Tomori Fikayo Tomori continua no Milan | Foto: Imago Images

O Crystal Palace aparece na 11ª colocação, com 73,44 milhões de euros (R$ 448,7 milhões) em contratações. O zagueiro Marc Guehi custou 23,34 milhões de euros (R$ 142,6 milhões).

Para tirar Zouma do Chelsea, o West Ham pagou 35 milhões de euros (R$ 213,8 milhões). Ao todo, o clube inglês gastou 74,5 milhões de euros (R$ 455,2 milhões).

PSG foi protagonista do mercado

Publicidade

O Rennes aparece na nona colocação: 79,5 milhões de euros (R$ 485,7 milhões). O zagueiro Loic Badé foi o mais caro. Ele custou 17 milhões de euros (R$ 103,8 milhões).

O PSG foi o maior protagonista do mercado da bola, especialmente com as contratações sem custos entre clubes. Pelos reforços que custaram, o Paris Saint-Germain investiu 83 milhões de euros (R$ 507,1 milhões). O lateral-direito Achraf Hakimi foi o mais caro: 60 milhões de euros (R$ 366,6 milhões).

Achraf Hakimi PSG Achraf Hakimi começou bem no PSG | Foto: Imago Images

A Roma abriu os cofres para entregar reforços para José Mourinho. O clube italiano gastou 97,75 milhões de euros (R$ 597,3 milhões). O centroavante Tammy Abraham, ex-Chelsea, foi o mais caro: 40 milhões de euros (R$ 244,4 milhões).

Abraham Mourinho Roma Mourinho recebe Abraham na Roma | Foto: Roma / Divulgação

Publicidade

O Aston Villa investiu 105,6 milhões de euros (R$ 645,2 milhões) em contratações nesta janela de transferências da Europa. O atacante argentino Emiliano Buendía custou 38,4 milhões de euros (R$ 234,6 milhões).

O Leipzig é o quinto colocado deste ranking: 107,62 milhões de euros (R$ 657,6 milhões). O português André Silva custou 23 milhões de euros (R$ 140,5 milhões).

Pódio de peso e de muita grana

O atual campeão da Champions League se reforçou e não economizou para ter Lukaku novamente. O Chelsea investiu 120 milhões de euros (R$ 733,2 milhões), sendo 115 milhões de euros (R$ 702,7 milhões) pelo centroavante belga. O empréstimo de Saúl custou 5 milhões de euros (R$ 30,5 milhões).

Publicidade

O Manchester City abre o pódio deste ranking. O time de Guardiola investiu 127,5 milhões (R$ 779 milhões), sendo 117,5 milhões de euros (R$ 717,9 milhões) por Jack Grealish e 10 milhões de euros (R$ 61,1 milhões) por Kayky, revelado pelo Fluminense.

Jack Grealish Manchester City Manchester City abriu os cofres por Grealish | Foto: Imago Images

O Manchester United foi outro protagonista desta janela de transferências da Europa. O time investiu 140 milhões de euros (R$ 855,4 milhões) por três reforços de peso: Jadon Sancho (85 milhões de euros – R$ 519,3 milhões), Varane (40 milhões de euros – R$ 244,4 milhões) e Cristiano Ronaldo (15 milhões de euros – R$ 91,6 milhões).

O campeão deste ranking é o Arsenal: 165,6 milhões de euros (R$ 1 bilhão). O zagueiro Ben White foi o mais caro do time. Ele custou 58,5 milhões de euros (R$ 357,4 milhões).

Comentários