Publicidade

O Barcelona tem um novo camisa 10. O clube anunciou, nesta quarta-feira, o “herdeiro” de Messi. O jovem atacante Ansu Fati agora tem o peso e a responsabilidade de jogar com o número especial.

Ansu Fati é cria do Barcelona e cercado de expectativa. Aos 18 anos, agora é o camisa 10 do clube. Ele está no time principal desde a temporada 2019/2020. Na última, pouco jogou, em função de lesão.

Galeria de Fotos

Messi, que agora defende o PSG, tornou a camisa 10 do Barcelona ainda mais “pesada”. O clube teve outras feras que brilharam com o número, entre elas, quatro brasileiros, recorda o “Sport”.

Relacionadas

David Luiz
Haaland Borussia Dortmund
Mbappé PSG

Publicidade

Evaristo de Macedo é ídolo do Barça. Ele defendeu o clube na década de 50 e 60. Foram 105 gols em 161 jogos. Romário também brilhou pelo clube espanhol, na década de 90, com a camisa 10.

Evaristo de Macedo brilhou pelo Barça | Foto: Arquivo Barcelona

Barcelona tem camisas 10 históricos

Rivaldo é outro representante histórico brasileiro do Barça. Com a camisa 10, ele se eternizou no clube. A magia de Ronaldinho Gaúcho encantou o Barcelona e o mundo. Um legítimo 10.

Messi e Ronaldinho Ronaldinho inspirou Messi | Foto: Imago Images

Messi bebeu da fonte de Ronaldinho Gaúcho e também teve outra inspiração ainda mais especial: Maradona. O ídolo argentino foi 10 do Barça. Outro destaque argentino que usou o número foi Riquelme.

Publicidade

Clima quente! La Liga nega benefícios a Barcelona e Atlético de Madrid

A 10 do Barça é um “artigo internacional”. O dinamarquês Michael Laudrup usou o número na década de 90, assim como o romeno Hagi. O húngaro Kubala, lenda do clube na década de 50, também eternizou o número.

Comentários