Publicidade

A derrota para o Rayo Vallecano, nesta quarta-feira, representou o fim da linha para Ronald Koeman no Barcelona. O técnico holandês não resistiu a mais um resultado ruim e foi demitido. Enrolado financeiramente, o Barça vai precisar abrir os cofres para pagar a indenização.

Segundo o “El País”, a demissão de Koeman vai custar 12 milhões de euros (R$ 77,4 milhões) ao Barcelona. Uma multa pesada, especialmente para quem lida com um grave crise financeira.

Koeman Barcelona Koeman está fora do Barcelona | Foto: David Ramos/Getty Images

Ronald Koeman balançava no cargo havia algum tempo. A continuidade dele nesta temporada foi uma surpresa. Ele era considerado carta fora do baralho. Entretanto, a falta de consenso sobre um novo nome e a própria multa rescisória pesaram para a permanência do técnico holandês.

Relacionadas

Sergi Barjuan Barcelona
Haaland Borussia Dortmund
Pogba Manchester United

Publicidade

Na atual temporada, o Barcelona deu novo voto de confiança a Koeman após derrotas pela Champions League. Ele resistiu, mas não por muito tempo. A vitória sobre o Dínamo de Kiev, pela Champions, renovou a esperança. Entretanto, perdeu o clássico com o Real Madrid e agora para o Rayo Vallecano. A situação ficou insustentável.

MAIS! PSG está de olho em novo parceiro de Neymar na Seleção Brasileira

O Barcelona, agora, corre para acelerar a chegada de Xavi Hernández. Segundo o “Sport”, já há um acerto com ídolo. O Barça trabalha pela liberação do Al-Sadd. E se vira com a multa de Koeman.

Comentários