Publicidade

Roman Abramovich colocou o Chelsea à venda. Pressionado pela proximidade com o governo russo, o bilionário pretende sair de cena. Assim, o fim de uma era se aproxima, com títulos e muitos investimentos.

Abramovich comprou o Chelsea em 2003. O clube, então, passou a ser protagonista do mercado da bola. E também em campo. Não à toa, é o atual campeão da Champions League e do Mundial de Clubes.

Galeria de Fotos

O Chelsea de Abramovich conquistou a Premier League cinco vezes, duas Champions League, duas Ligas da Europa, o Mundial de Clubes, entre outros títulos. Quanto aos reforços, o Top 10 do clube inglês é o do bilionário russo, sendo que oito deles estão no elenco.

Roman Abramovich Chelsea Roman Abramovich colocou o Chelsea à venda (Foto: Getty)

Os reforços mais caros de Abramovich no Chelsea

Publicidade

O croata Mateo Kovacic é o 10º reforço mais caro do Chelsea. Para contratá-lo em definitivo junto ao Real Madrid, na temporada 2019/2020, o clube inglês pagou 45 milhões de euros (R$ 256,7 milhões, na cotação atual).

Relacionadas

Timo Werner Chelsea

Na última temporada, para tirar o lateral-esquerdo o lateral-esquerdo Ben Chilwell do Leicester, o Chelsea investiu 50,2 milhões de euros (R$ 286,4 milhões, na cotação atual).

Ben Chilwell Ben Chilwell chegou ao Chelsea na última temporada | Foto: Michael Regan/Getty Images

O Chelsea buscou Timo Werner, no Leipzig, na temporada 2020/2021. O atacante alemão custou 53 milhões de euros (R$ 302,4 milhões, na cotação atual). É o sétimo reforço mais caro do clube inglês.

Publicidade

No radar! PSG pensa em Dembélé para a vaga de Di María

O brasileiro Jorginho, naturalizado italiano, chegou ao Chelsea na temporada 2018/2019. Para tirá-lo do Napoli, o clube inglês pagou 57 milhões de euros (R$ 325,2 milhões, na cotação atual).

MAIS! Barcelona prepara revolução na defesa sem gastar quase nada

Publicidade

Fernando Torres foi uma das contratações de impacto de Abramovich no Chelsea, na temporada 2010/2011. Ele defendia o Liverpool. O ex-atacante espanhol custou 58,5 milhões de euros (R$ 333,8 milhões, na cotação atual).

MAIS! Atlético de Madrid tem alvo para o meio de campo no PSG

Christian Pulisic é o quinto reforço mais caro da história do Chelsea. Para contratá-lo junto ao Borussia Dortmund, na temporada 2018/2019, o clube inglês pagou 64 milhões de euros (R$ 365,1 milhões, na cotação atual).

Publicidade

Homem-gol de peso! Arsenal cresce os olhos para cima de Lewandowski

O Chelsea abriu os cofres para tirar Álvaro Morata do Real Madrid, na temporada 2017/2018. O centroavante espanhol, atualmente na Juventus, cedido pela Atlético de Madrid, custou 66 milhões de euros (R$ 376,5 milhões).

Os ‘pesos-pesados’ de Abramovich

Abramovich fez de Kepa Arrizabalaga o goleiro mais caro do mundo. Na temporada 2018/2019, para contratá-lo junto ao Athletic Bilbao, o Chelsea pagou 80 milhões de euros (R$ 456,4 milhões, na cotação atual).

Kepa Arrizabalaga Kepa está em baixa no Chelsea | Foto: GLYN KIRK/AFP via Getty Images

Publicidade

Herói do título da Champions League e do Mundial de Clubes, Kai Havertz chegou ao Chelsea na temporada 2020/2021. O Chelsea pagou 80 milhões de euros (R$ 456,4 milhões, na cotação atual) ao Bayer Leverkusen.

MAIS! Liverpool pode atacar o futebol português mais uma vez

O reforço mais caro do Chelsea e, por tabela, de Abramovich, é Lukaku. O centroavante belga voltou para o clube inglês nesta temporada. Para tirá-lo da Inter de Milão, o Chelsea pagou 113 milhões de euros (R$ 644,7 milhões, na cotação atual).

Comentários