Futebol Internacional

Não foi só Messi! Relembre craques que brigaram na saída do Barcelona

Messi e Ronaldinho Gaúcho: futebol no Estado da Arte - Reprodução Twitter
Messi e Ronaldinho Gaúcho: futebol no Estado da Arte - Reprodução Twitter

Lionel Messi anunciou que pretende deixar o Barcelona. O jogador se irritou com o técnico Ronaldo Koeman e com o presidente Josep Bartomeu. Mas o clube entende que ele não pode sair apenas exercendo a tal cláusula que previa o seu direito de ir embora ao fim de cada temporada. Entretanto Messi não está sozinho. Outros craques brigaram na saída do Barcelona.

Messi está brigando na saída do Barcelona (Foto: Uefa)

A relação, inclusive, conta com alguns brasileiros. Ronaldinho Gaúcho, por exemplo, que era idolatrado pelos torcedores, foi surpreendido com o anúncio de sua saída em uma entrevista coletiva. Era a apresentação do técnico Pep Guardiola.

Leia também

Entenda o passo a passo da saída de Messi do Barcelona
23 motivos para calar a boca de quem critica Neymar

Neymar, que assim como Messi bateu de frente com Bartomeu, foi a última estrela que saiu brigado do Barcelona. E olha que hoje o clube sonha com a sua volta.

O MAIS QUE UM JOGO relembra alguns dos craques que brigaram na saída do Barcelona:

ARTHUR

Arthur chegou ao Barcelona em 2018 - Divulgação

Arthur chegou ao Barcelona em 2018, mas não vingou – Divulgação

O brasileiro do Grêmio chegou ao Barcelona em 2018, com grande expectativa. No entanto,  o jogador não emplacou e amargou a reserva, entrando no segundo tempo em algumas oportunidades. Foi negociado com a Juventus, mas deveria ter se apresentado ao Barcelona para a reta final da Champions League. Não o fez por entender que pertencia à Juve. Está enfrentando um processo administrativo no clube catalão.

Bernd Schuster

O talentoso Bernd Schuster (Foto: Uefa)

Um dos maiores meias do futebol alemão, Bernd Schuster fechou com o Barcelona em 1980. Ficou oito anos no clube sendo alçado na condição de ídolo. Mas entrou em rota de colisão com o presidente Josep Lluís Núñez, uma vez que reclamava que o Barça não havia cumprido alguns compromissos financeiros. Conseguiu rescindir contrato e foi reforçar justamente o rival Real Madrid.

Maradona

Maradona em ação no Barcelona (Foto: Uefa)

Josep Lluís Núñez foi um presidente que bateu de frente com vários craques do Barcelona. Maradona foi embora do clube em 1984, dois anos após a sua chegada, justamente por problemas com o mandatário.

Ronaldo Fenômeno

Fenomenal! Ronaldo teve temporada marcante pelo Barcelona (Foto: Divulgação Barcelona)

Ronaldo jogou uma temporada no Barcelona: 1996-1997. A renovação de contrato era dada como certa, mas ele deixou o cloube e avisou: “Não confio mais em quem comanda o clube”.

Johan Cruyff

Cruyff atuando como treinador (Foto: Uefa)

O craque holandês foi ídolo do Barcelona e voltou ao clube na década de 90 como treinador. Foi campeão da Champions League em 1992 após montar um time dos sonhos. Mas em 1995 entrou nem rota de colisão mais uma vez com Josep Lluís Núñez e foi embora. Na saída relembrou os vários desafetos do mandatário.

Romário

Romário fez logo três gols em sua estreia pelo Barcelona (Divulgação)

Romário fez logo três gols em sua estreia pelo Barcelona (Divulgação)

O atacante Romário brigou com o técnico Johan Cruyff por ter pedido uns dias a mais de férias após ter ajudado a Seleção Brasileira a conquistar a Copa do Mundo de 1994. O presidente Josep Lluís Núñez criticou o Baixinho publicamente. O artilheiro se aborreceu e pediu para sair do Nou Camp, voltando ao Brasil para defender o Flamengo.

Ronaldinho Gaúcho

Ronaldinho soube da dispensa em coletiva (Foto: Divulgação / Barcelona)

O craque brasileiro fez história no Barcelona durante cinco temporadas. Mas foi dispensado de forma surpreendente na entrevista coletiva de apresentação do técnico Pep Guardiola. Joan Laporta, presidente do Barcelona, teria pretendido com isso afastar Messi da companhia de Ronaldinho, adepto da vida noturna.

Neymar

Neymar nos tempos de parceria com Messi, no Barcelona (Divulgação)

Neymar nos tempos de parceria com Messi, no Barcelona (Divulgação)

Hoje no PSG, Neymar deixou o Barcelona insatisfeito com o tratamento que lhe era dado. Assim como vem acontecendo com Messi, ele vinha batendo de frente com o presidente Josep Bartomeu.

SUÁREZ

Suárez e Messi são amigos muito próximos fora dos gramados | Foto: Divulgação Barcelona

O atacante uruguaio, terceiro maior artilheiro da história do Barcelona, foi dispensado sumariamente pelo técnico Ronald Koeman. Embora não tenha brigado com o Barcelona, seu descontentamento pela forma que recebeu o comunicado ficou bem claro. Suárez aplaudiu a manifestação de apoio a Messi no desentendimento com o Barcelona. Em tempo: o uruguaio foi dispensado em um telefonema relâmpago de Koeman.

LUÍS FIGO

Figo chamado de mercenário por torcedores do Barcelona - Getty

Figo chamado de mercenário por torcedores do Barcelona – Getty

O português trocou o Barcelona pelo Real Madrid, em transação turbulenta. Desde então, passou a ser tratado como persona non grata na Catalunha. Tratado como mercenário, Figo disse recentemente que deixou o Barcelona por não se sentir valorizado no clube.

Você Também pode gostar

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *