Futebol Internacional

Entenda o passo a passo da saída de Messi do Barcelona

Liverpool 4 a 0 no Barcelona de Messi. A imagem diz tudo - Foto: Getty
Liverpool 4 a 0 no Barcelona de Messi. A imagem diz tudo - Foto: Getty

O anúncio de Leonel Messi, de que não quer mais defender o Barcelona, caiu como uma bomba no meio esportivo mundial. Crava o auge da crise no clube catalão, que perde seu maior ídolo da última década, coroando uma fase a ser esquecida no clube catalão. Leva ao fundo do poço a gestão do presidente Josep Bartomeu, impacta negativamente a chegada de Koeman, o treinador que veio para reformular, e lança o grande desafio: o Barcelona vive sem Messi?

Embora não seja o fim do mundo, como não foi a humilhante derrota por 8 a 2 para Bayern, nas quartas da Champions League, como será o futuro do clube catalão é uma incógnita. No entanto, essa história vinha sendo desenhada. O MAIS QUE UM JOGO recupera essa história até o ponto final.

LIVERPOOL 4 x 0 BARCELONA, CHAMPIONS 2018-2019

Liverpool 4 a 0 no Barcelona de Messi. A imagem diz tudo - Foto: Getty

Liverpool 4 a 0 no Barcelona de Messi. A imagem diz tudo – Foto: Getty

Foi em fevereiro do ano passado, numa virada história do Liverpool nas semifinais da Champions League. O Liverpool viria a ser campeão, mas alguma coisa ficou fora da ordem ali. O Barcelona havia vencido por 3 a 0 no jogo de ida, mas entregou o ouro na volta. Messi teria chorado no vestiário e chegou a sair no tapa com torcedores no aeroporto. Amor abalado.

SUPERCOPA DA ESPANHA

A equipe catalã caiu diante do Atlético de Madrid, na semifinal. Viria daí uma ruptura generalizada, com troca de treinador e briga com dirigente, como veremos.

DEMISSÃO DE ERNESTO VALVERDE

Demissão de Ernesto Valverde acabou virando estopim da crise | Foto: Barcelona / Divulgação

O técnico do Barcelona foi demitido após a derrota e eliminação da equipe catalã na semifinal da Supercopa da Espanha, em janeiro de 2020. Foi a primeira vez que o Barça trocou o comando no meio da temporada desde 2002/03, quando o holandês Louis Van Gaal foi demitido. O sinal de instabilidade estava ficando forte. O francês Quique Setién assumiu.

Leia também

Koeman, Suárez, diretoria, time fraco… entenda a saída de Messi do Barcelona

Suárez foi dispensado com um telefonema relâmpago

COPA DO REI

Presidente Josep Maria Bartomeu, o técnico Quique Setién e o diretor esportivo Erc Abidal Paul White:FCB:Divulgação

Presidente Josep Maria Bartomeu, o técnico Quique Setién e o diretor esportivo Erc Abidal Paul White:FCB:Divulgação

O Barcelona foi eliminado na Copa do Rei, pelo Atlético de Bilbao, ainda nas quartas de final da competição. No entanto, o fato de o Real Madrid também ter caído, diante do Real Sociedad, amenizou um pouco a crise. Quique Setién começou com o pé esquerdo.

ERIC ABIDAL

Abidal, diretor esportivo do Barcelona (Foto: Barcelona)

A crise, no entanto, veio à tona um mês depois da demissão de Valverde, quando o diretor esportivo Eric Abidal foi a público culpar o elenco pela saída do treinador.

MESSI RESPONDE

Embora desafetos, Messi e Abidal chegaram a jogar juntos pelo Barcelona. Rota de colisão com o agora dirigente sem volta

Embora desafetos, Messi e Abidal chegaram a jogar juntos pelo Barcelona. Rota de colisão com o agora dirigente sem volta

Inesperadamente, Messi fez valer sua posição de destaque no Barcelona e tornou-se líder de um movimento contra o diretor esportivo. Ele usou sua conta no Instagram para rebater com firmeza as afirmações de Abidal, afrontando a hierarquia do Barcelona diretamente. Normalmente controlado, Messi teria perdido a linha por ser colocado como “duas caras”, pois foi um dos principais defensores de Valverde. Como então poderia ter derrubado o treinador?

REAL MADRID

Zidane garante mais um título do Espanhol à frente do Real Madrid. Pior para o Barcelona | Foto: Real Madrid / Divulgação

Em campo, onde tudo importa, o Barcelona via seu grande rival Real Madrid decolar, não sendo páreo para o time de Zidane no Campeonato Espanhol. E esse grande rival nem precisou do seu ex-astro, Cristiano Ronaldo para isso.

DERROTA PARA O OSASUNA

Em segundo lugar na tabela, na penúltima rodada o Barcelona achou de perder para o Osasuna por 2 a 1, entregando de bandeja o título para o Real Madrid, por antecedência. Isto porque, ao mesmo tempo, o time comandado por Zidane batia também por 2 a 1 o Villarreal, fechando o caixão.

QUIQUE SETIÉN

Setién sem clima com o elenco do Barcelona

Setién sem clima com o elenco do Barcelona

A indisposição do elenco com o treinador vinha sendo exposta pela imprensa espanhola, como em um episódio em que Luis Suárez fez um comentário quando questionado sobre a fase do time: “Os treinadores estão aí para algo, para analisar essas situações”. Ainda de acordo com a imprensa esportiva local, Messi seria o mais insatisfeito, sobretudo com a forma do francês de armar o time.

VEXAME DIANTE DO BAYERN

Messi desolado no vestiário do jogo contra o Bayern - Foto: Reprodução TV

Messi desolado no vestiário do jogo contra o Bayern – Foto: Reprodução TV

Não seria a eliminação, mas a forma como aconteceu. Para o Barcelona perder por 8 a 2, mesmo diante de um Bayern, alguma coisa realmente estava fora da ordem. O estado de Messi, flagrado no vestiário, durante o intervalo, foi emblemático.

PIQUÉ

Piqué não acredita no que vê em campo (Foto: Getty)

A declaração de Piqué após o vexame, de que as coisas precisavam mudar radicalmente no Barcelona, foi marcante. Tanto quanto a disposição do jogador, cria da casa, de colocar sua sequência em xeque, para que o clube se arrumasse. Ao mesmo tempo, os rumores da insatisfação de Messi ganharam mais força.

MAIS FORA DO QUE DENTRO

Repercussão Bayern 8 a 2 Barcelona - Reprodução

A imprensa argentina noticiou que Messi teria dito a próximos que se sentia mais fora do que dentro do Barcelona. Nem mesmo a saída de Setién e a chegada de Koeman, numa demonstração clara de reformulação na casa, mudaria as coisas. Ainda assim, Messi interrompeu as férias para se reunir com o treinador holandês.

SUÁREZ DISPENSADO

Suárez e Messi: amigos dentro e fora do campo / Divulgação

Suárez e Messi: amigos dentro e fora do campo / Divulgação

O atacante uruguaio é talvez o melhor amigo de Messi. A notícia de sua dispensa do Barcelona só aumentou a insatisfação do argentino.

ADEUS, BARCELONA

Puyol e Suárez manifestaram apoio a Messi no Twitter - Reprodução

Puyol e Suárez manifestaram apoio a Messi no Twitter – Reprodução

Desde 2003 defendendo a camisa do Barcelona, Lionel Messi, de 33 anos, promete ser o principal personagem da janela de transferências internacionais. Além disso é um tapa na cara do presidente do Barça, Josep Bartomeu, apontado por muitos na imprensa espanhola como o pior presidente da história do clube.

Você Também pode gostar

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *