Publicidade

O atacante Zlatan Ibrahimovic continua sem fugir de divididas mesmo em entrevistas. O artilheiro sueco do Milan conversou com jornalistas do canal “Discovery” e revelou que um brasileiro é, para ele, o maior jogador de todos os tempos. E não se trata de Pelé. Quem encheu os olhos do gigante de Milão foi Ronaldo Fenômeno.

Ronaldo caiu nas graças de Ibrahimovic (Foto: Getty)

Segundo o craque do Milan, Ronaldo tinha um movimento único em campo.

– O Ronaldo, o Fenômeno, é o melhor jogador de todos os tempos. Esse Ronaldo é o futebol. A forma como ele se movia dentro de campo. Para mim, sem dúvida, é o melhor da história – disse ele.

Publicidade

LEIA MAIS! Lewandowski supera Raúl: os maiores artilheiros da história da Champions League

Mas nem todos os ídolos do esporte mundial contam com a simpatia de Ibrahimovic. Ele fez severas críticas ao craque do basquete LeBron.

– O primeiro erro que as pessoas cometem quando ficam famosas é se envolverem com a política. Gosto do que ele faz no esporte. Mas não me agrada quando se envolve na política. Sopu jogador de futebol porque entendo que é o melhor que eu faço, ou sei fazer. Se quisesse me envolver na política teria virado político – criticou Ibrahimovic.

Publicidade

LEIA MAIS! PSG pressiona Mbappé e dá ultimato sobre renovação de contrato

Ibra sonha em jogar com um filho

Ibrahimovic Milan

Ibrahimovic bate palmas para Ronaldo (Foto: Marco Luzzani/Getty Images)

Ibrahimovic, que se disse agradecido pela sua carreira, criticou a facilidade com que jovens jogadores são tratados como craques.

– Hoje os jovens jogam cinco minutos e já são alçados ao patamar de craques. Fico feliz de vir da velha escola. Sou de uma época em que não era a rede social que fazia um craque e sim o que ele fazia em campo, que tinha que ser muita coisa – disse ele.

Publicidade

LEIA MAIS! Ex-lateral do Manchester City critica Guardiola: ‘Arruinou a minha confiança’

O craque sueco tem 39 anos e vai chegar aos 40 em outubro. Apesar de fugir do tema aposentadoria, revelou um grande e ousado sonho: jogar com um dos seus filhos. O problema é que Maximilian, o mais velho, tem 14 anos. O outro filho do craque é Vincent, de 12 anos.