Publicidade

O Manchester City, além de toda a grana a investir, vai precisar ceder em um ponto para ter Erling Haaland. Segundo “The Sun”, o craque vai fazer uma exigência ao clube inglês: incluir no contrato uma cláusula de rescisão.

Haaland, assim, quer ter o expediente parecido ao que tem no Borussia Dortmund. Ele tem um acordo que prevê a saída dele na próxima janela por um preço mais acessível, na casa dos 75 milhões de euros (R$ 422,6 milhões). É esta cláusula que o próximo clube do craque vai se valer para tirá-lo da Alemanha.

Haaland Manchester City Haaland tem data-limite para definir o futuro | Foto: DANIEL ROLAND/AFP via Getty Images

O pedido de Haaland ao Manchester City, contudo, não é algo normal na Premier League. O clubes ingleses não costumam trabalhar com multas rescisórias.

Relacionadas

Haaland
Hazard Real Madrid
Lewandowski Bayern de Munique

Publicidade

A corrida pelo astro se aproxima da reta final. Segundo a imprensa alemã, Haaland tem até o dia 30 de abril para poder usar a cláusula que facilita a saída do Borussia Dortmund. O Manchester City e o Real Madrid são considerados favoritos, enquanto o Barcelona corre por fora.

Liverpool se movimenta e sinaliza proposta ‘pesada’ por atacante

O City está disposto a abrir os cofres. A oferta é de desmaiar. O clube inglês oferece um salário de 600 mil euros (R$ 3,3 milhões) por semana a Haaland.

Comentários