Publicidade

A segunda-feira vai ser de coração para o melhor jogador do mundo de 2021. Messi, Salah e Lewandowski estão na briga pelo The Best, prêmio dado pela Fifa. A cerimônia vai acontecer em Zurique, na Suíça.

Lewandowski, astro do Bayern de Munique e da Polônia, é o atual melhor do mundo. Um prêmio que Messi está “cansado” de conquistar. Salah busca a primeira honraria.

Galeria de Fotos

O século XXI é marcado pelo domínio de Messi e de Cristiano Ronaldo. Eles somam 11 dos 20 prêmios de 2001 para cá. De 2010 a 2015, a Fifa unificou o prêmio de melhor do mundo com a revista “France Football”.

Relacionadas

Cristiano Ronaldo Manchester United
Vinicius Júnior Real Madrid

Os melhores do mundo do século XXI

Publicidade

Figo foi o primeiro melhor do mundo do século XXI. O português ganhou o prêmio de 2001.

Figo brilhou pelo Real Madrid (Foto: Imago)

Ronaldo brilhou na Copa do Mundo de 2002 e conquistou o prêmio pela terceira vez na carreira.

Ronaldo foi artilheiro da Copa do Mundo de 2002 | Foto: Divulgação

Zidane foi eleito o melhor do mundo pela terceira vez em 2003. Naquela ocasião, ele se igualou a Ronaldo Fenômeno como “tricampeão”.

Publicidade

PSG tem negociação avançada para renovar com Marquinhos

Ronaldinho Gaúcho foi eleito o melhor do mundo de 2004. Dribles, assistências e gols foram o cardápio do craque brasileiro pelo Barcelona.

Ronaldinho Gaúcho encantou o mundo com a camisa do Barcelona | Foto: Divulgação Barcelona Ronaldinho Gaúcho encantou o mundo com a camisa do Barcelona | Foto: Divulgação Barcelona

A magia de Ronaldinho Gaúcho em 2005 foi coroada com o prêmio de melhor do mundo. Ele brilhou com a camisa do Barcelona.

Publicidade

PSG mantém otimismo e aposta em estratégia por Mbappé

O título da Copa do Mundo de 2006, com a Itália, teve peso para a eleição do zagueiro Cannavaro como melhor do mundo.

Xerife do Bayern de Munique nos planos do Barcelona

Publicidade

Kaká foi o quinto brasileiro a ser eleito o melhor do mundo. Ele faturou o prêmio em 2007, após um ano especial pelo Milan.

A dinastia Cristiano Ronaldo e Messi

Cristiano Ronaldo ganhou a honraria pela primeira vez em 2008, à época pelo Manchester United, campeão da Champions League.

Cristiano Ronaldo Manchester United Cristiano Ronaldo na primeira passagem pelo United | Foto: Imago Images

Messi foi eleito o melhor do mundo pela primeira vez em 2009, ano mágico para ele e para o Barcelona de Guardiola.

Publicidade

Atlético de Madrid amplia leque em busca de lateral-direito

O “bicampeonato” de Messi aconteceu em 2010, com 60 gols no ano. Bola de Ouro pela segunda vez na carreira.

Ex-Flamengo, Pablo Marí está a caminho do futebol italiano

Publicidade

A coleção de títulos e de gols (foram 70) deram a Messi a honraria de melhor do mundo de 2011.

Juventus pode perder de graça principal jogador do elenco

Com 91 gols em 62 jogos em 2012, Messi impressionou o mundo da bola e faturou o prêmio pela quarta vez na carreira.

Messi 2012 Messi dominou a premiação | Foto: Imago Images

Publicidade

Cristiano Ronaldo, em 2013, acabou com a sequência de prêmios de Messi. Ele faturou a Bola de Ouro após marcar 69 gols. O astro português se emocionou na premiação.

No ano em que estabeleceu o recorde de gols em uma edição de Champions League – 17, Cristiano Ronaldo ganhou o prêmio de melhor do mundo de 2014.

Messi voltou a ser o melhor do mundo em 2015, após dois títulos seguidos de Cristiano Ronaldo. Foi o quinto prêmio do astro argentino.

Publicidade

Cristiano Ronaldo teve um 2016 especial, com título de Eurocopa com Portugal e Champions League com o Real Madrid. Naquele ano, a Fifa batizou o prêmio de The Best.

Cristiano Ronaldo foi eleito o melhor do mundo de 2017 e conquistou o prêmio pela quinta vez. Na ocasião, ele igualou Messi. Ficaria para trás dois anos depois.

Modric se ‘intromete’ no prêmio

Luka Modric foi o responsável por interromper a sequência de dez prêmios seguidos nas mãos de Messi e Cristiano Ronaldo. O sucesso no Real Madrid e a boa Copa do Mundo pela Croácia renderam ao meia o prêmio de melhor do mundo em 2018.

Modric Modric: melhor do mundo de 2018 | Foto: Imago Images

Messi ganhou o prêmio de 2019. Os 54 gols em 56 jogos ajudam a explicar o motivo da honraria, a sexta da carreira do astro.

Lewandowski, uma máquina de fazer gols, teve um ano mágico em 2020 e faturou o prêmio de melhor do mundo. Foi uma barbada.

Comentários