Fluminense, Futebol Brasileiro

Odair Hellmann e jogadores viram alvo de protesto da torcida do Fluminense

Movimento político nos muros do Fluminense? (Foto: Arquivo pessoal)

O empate por 1 a 1 com o Palmeiras no Maracanã não agradou aos torcedores do Fluminense. A revolta com o fraco desempenho do time grande. O técnico Odair Helmann e os jogadores viraram o alvo da torcida do Fluminense. A bronca se deve principalmente à sequência de dez jogos com apenas um triunfo no período após a paralisação do futebol por causa da pandemia do Coronavírus. Na noite de quarta-feira o Tricolor chegou a ser dominado em vários momentos pelo Palmeiras, que preservou alguns titulares.

Muros pichados no Fluminense (Foto: Arquivo pessoal)

Na manhã desta quinta-feira os muros das Laranjeiras amanheceram pichados. Algumas frases eram direcionadas como “fora Odair, queremos time”. A postura dos jogadores também foi muito criticada com a frase: “muita marra pouco futebol” e “time competitivo é obrigação”.

Leia também:

Bittencourt defende renovações de experientes do elenco do Flu
Felippe Cardoso vai deixar o Fluminense nos próximos dias

Internamente a diretoria trata isso como um protesto político. Isso porque algumas frases dão a entender que se trata de manifestação de grupos que defendem a mudança no estatuto. Algumas frases pichadas diziam: “revitalização das Laranjeiras é obrigação” e “Fora esportes olímpicos. Aqui é FFC (Fluminense Football Club)”.

Muros do Fluminense já foram limpos

Movimento político nos muros do Fluminense? (Foto: Arquivo pessoal)

No fim da manhã a diretoria determinou que as pichações fossem apagadas e o muro foi limpo.

O Fluminense, após o período de pandemia, conseguiu apenas uma vitória: 1 a 0 sobre o Botafogo em um amistoso. A conquista da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, veio nos pênaltis, após empate por 1 a 1 com o Flamengo.

Pelo Campeonato Brasileiro o Fluminense aparece com apenas um ponto conquistado em dois jogos. No próximo domingo o Tricolor volta a campo às 18h(de Brasília) para medir forças com o Internacional no Maracanã.

Você Também pode gostar

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *