Fluminense

Para o bem ou para o mal: relembre os goleiros que marcaram o Fluminense nos anos 2000

Zetti teve passagem ruim pelo Fluminense (Foto: Twitter)

O Fluminense tem uma história rica em goleiros desde Castilho. Porém, nem sempre os jogadores que passaram pelo arco tricolor honraram a camisa. Alguns deles acabaram tendo atuações desastrosas. Mas isso não minimiza as boas lembranças. Nos anos 2000, por exemplo, bons nomes passaram pelo Fluminense.

Zetti teve passagem ruim pelo Fluminense (Foto: Twitter)

Ninguém jogou mais pelo Fluminense neste século do que Diego Cavalieri, goleiro do título brasileiro de 2012. Ele também foi campeão carioca pelo Tricolor naquele mesmo ano. Fernando Henrique foi outro arqueiro a fazer história nas Laranjeiras.

Mas há quem também não faz os torcedores tricolores sentirem saudades. Zetti e Danrlei, por exemplo, mesmo experientes, tiveram passagens apagadas pelo Fluminense.

O MQJ recorda os goleiros que marcaram, para o bem ou para o mal, o Fluminense nos anos 2000:

Zetti

Zetti marcou negativamente em sua passagem pelo Fluminense. Atuou no clube no ano 2000 e ficou marcado por algumas falhas importantes, principalmente no clássico contra o Flamengo pelo Campeonato Carioca.

Danrlei

Danrlei em sua estreia no Flu (Foto: Reprodução TV)

Não dá para se dizer que Danrlei marcou negativamente a sua passagem pelo Fluminense. Mas ela foi no muito frustrante. Isso porque ele foi contratado com status de titular e foi embora disputando apenas três partidas como titular.

Kléber

Após passagens boas por Goiás e Botafogo, Kléber chegou ao Fluminense para ser titular de 2002 a 2005, conquistando os títulos estaduais de 2002 e 2005.

Ricardo Berna

Ricardo Berna é identificado com o Fluminense (Foto: Divulgação)

Nem sempre como titular, Ricardo Berna defendeu o Fluminense entre 2005 e 2013. Fez parte das conquistas dos títulos brasileiros de 2010 e 2012 e do Campeonato Carioca de 2012.

Leia também:

Demissões de funcionários não passam pelos planos do Fluminense
Fluminense paga parte dos salários de março

Fernando Henrique

Fernando Henrique fez história no Fluminense (Foto: Divulgação)

O goleiro do título brasileiro de 2010 foi Fernando Henrique. Ele também brilhou com boas atuações no vice da Copa Libertadores de 2008. Defendeu o Tricolor entre 2002 e 2010, fazendo 264 jogos.

Diego Cavalieri

Diego Cavalieri homenageado no Flu | Foto: Twitter do Fluminense

Um dos principais goleiros do Fluminense nos anos 2000 foi Diego Cavalieri. Ele foi contratado pelo Tricolor em 2011 e permaneceu nas Laranjeiras até 2017. Realizou 352 jogos pelo Tricolor e foi campeão brasileiro e carioca em 2012. O arqueiro foi inclusive convocado para a Seleção Brasileira, conquistando a Copa das Confederações de 2013.

Júlio César

Julio César defende uma bola de vôlei durante treino no CT tricolor (Foto: Fluminense FC)

Revelado pelo Botafogo, Júlio César chegou ao Fluminense em 2014, porém, assumiu a condição de titular apenas em 2016, após a lesão de Diego Cavalieri. O jogador se destacou no Campeonato Brasileiro de 2018, quando ajudou a afastar o risco de rebaixamento. Na última rodada o arqueiro defendeu uma penalidade de Luan e foi decisivo na permanência na elite do futebol nacional. Mas não ficou marcado por títulos.

Muriel

Muriel é o atual dono da posição (Foto: Divulgação)

Contratado em 2019 pelo Fluminense, Muriel é o atual dono da posição. Não teve dificuldades de assumir o posto e dá sinais de que pode permanecer muito tempo na função. Entretanto, a torcida é exigente.

Você Também pode gostar