Publicidade

Com o goleiro Diego Cavalieri e o meia peruano Lecaros dispensados, o Botafogo vai economizar muito. Isso porque os dois juntos representavam um gasto mensal de R$ 300 mil em salários. Como ambos tinham vínculo até o fim do ano, a economia é de R$ 1,5 milhão.

Conforme o CEO Jorge Braga já havia deixado claro antes da contratação do lateral Rafael, o clube deu prosseguimento ao enxugamento na folha salarial. Outros atletas que não estão sendo aproveitados pelo técnico Enderson Moreira podem ser os próximos. Entre eles estão os laterais Barrandeguy e Guilherme Santos e o meia Felipe Ferreira.

Cavalieri não joga mais pelo Botafogo (Foto: Vitor Silva/ Botafogo)

“Os atletas Diego Cavalieri e Lecaros estão de saída do Botafogo. Como é de conhecimento público, o Clube tem realizado uma série de ações internas difíceis, mas que são imprescindíveis para garantir a manutenção do compromisso orçamentário. O Botafogo agradece aos atletas pelo profissionalismo enquanto defenderam a camisa alvinegra, desejando sucesso em seus futuros desafios” – afirmou o Botafogo em nota.

Publicidade

MAIS! 8 anos em 8 meses! Botafogo conseguiu evolução fora de campo

Aos 38 anos, Cavalieri estava no Alvinegro desde dezembro de 2018, quando chegou para ser reserva imediato do goleiro paraguaio Gatito Fernández. Ao todo atuou em 40 jogos, mas não entrava em campo desde fevereiro após sofre lesão no calcanhar direito.

Relacionadas

Rafael Navarro Botafogo

Já o peruano Lecaros, de apenas 21 anos, foi contratado ano passado como revelação do Real Garcilaso, onde foi campeão nacional em 2017. O atacante, entretanto, não conseguiu se firmar no futebol brasileiro.

Comentários