Publicidade

O volante Thiago Maia recebeu muitas críticas pela atuação ruim na vitória sobre o Fortaleza, no último sábado. Alguns torcedores, inclusive, chegaram a chamar o jogador de “enganador” nas redes sociais. Thiago, entretanto, considera normal a reação dos adeptos e até admite que seu desempenho deixou a desejar.

Antes de sofrer uma séria lesão no joelho em 2020, Thiago Maia era um dos destaques da equipe e vinha em grande fase. Embora não tenha recebido muitas oportunidades de Jorge Jesus, desencantou com Domènec e Rogério Ceni.

Falhas de Thiago Maia contra o Fortaleza irritaram a torcida (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

– Eu entendo o torcedor. Ele tem a imagem daquele Thiago que praticamente, como eles falam, joga de terno, mas sou humano, sou falho e vou errar. Eu sei que nesse jogo deixei a desejar e errei alguns passes também que eu não erro, mas graças a Deus deu certo. O que importa são os três pontos e cada dia vai melhorar mais ainda – afirmou Maia em participação no programa Arena SBT.

Publicidade

Sobre a fase do time, que encara três competições neste final de temporada, Thiago Maia confirmou a fome de títulos do elenco. Apesar da distância para o líder Atlético-MG no Brasileirão, o Rubro-Negro segue firme na busca pelo tricampeonato.

– A gente está em busca desse sonho. Esse negócio de que deixamos o Brasileiro de mão isso é mentira. Infelizmente, muitos jogadores se lesionaram. A gente até escuta aí “ah tão poupando”, poupando nada, os caras a maioria joga com dor. Os que não conseguem vêm outros e a gente tá indo pra cima – garantiu.

Leia Também:

Na história! Jorge Jesus explica como transformou o Flamengo

Publicidade

Ex-fisiologista vê algo errado no Flamengo, mas estatísticas não

Além disso, Thiago Maia também falou sobre o que mudou no vestiário com a troca de treinador, de Rogério Ceni para Renato Gaúcho.

– O Renato é um cara muito comunicativo, ele escuta bastante o jogador. Se o jogador chega nele e fala que está cansado ou que está sentindo alguma coisa, ele dá uma segurada. O Rogério também conversava muito com a gente, mas tinha essa coisa de ‘tem que jogar, eu preciso de vocês’. E são filosofias de jogo diferente. O Rogério é mais sério, como ele sempre foi como jogador e treinador. E o Renato brinca mais com a gente e isso ficou um pouco mais amigável entre os jogadores e o Renato – finalizou.

Relacionadas

Pedro Flamengo

Publicidade

O Flamengo volta a campo nesta quarta-feira contra o Juventude, no Maracanã. Assim, esta será uma oportunidade para Thiago Maia calar seus críticos.

Comentários