Publicidade

Na briga pelo tricampeonato brasileiro, o Flamengo tem precisado se virar diante de dois problemas: convocações para seleções e lesões. A vitória sobre Fortaleza, no sábado, renova a confiança rubro-negra de que o elenco pode segurar a bronca. Pedro destaca a sequência positiva do Flamengo.

Nas datas Fifa de outubro, o Rubro-Negro fará três partidas e duas já ficaram para trás. Embora com poucos titulares em campo em duas partidas fora de casa, o Flamengo somou quatro pontos contra Bragantino e Fortaleza.

Pedro Flamengo Pedro marcou nos dois últimos jogos | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação

Em participação no programa “Craque da Semana”, na FlaTV, o atacante Pedro valorizou o desempenho do time.

Relacionadas

Léo Pereira Flamengo

Publicidade

– Foi uma semana muito boa lá, com jogos difíceis, contra o Bragantino e Fortaleza fora de casa. Conseguimos a vitória fora de casa, contra o Bragantino queríamos a vitória, mas não conseguimos, mas foi uma semana positiva. Conquistamos quatro pontos, cada vez mais perto do Atlético-MG e buscando o objetivo que é o Brasileirão – afirmou Pedro.

LEIA MAIS! Flamengo vai lucrar R$ 22 milhões com zagueiro ‘polêmico’

O camisa 21 divida a vice-artilharia do Flamengo nesta edição do Campeonato Brasileiro com Michael e Gabigol, todos com seis gols. Bruno Henrique lidera com nove e está em segundo lugar no ranking geral da competição.

Pedro focado em nova ‘final’ para o Flamengo

Publicidade

Nesta quarta-feira, o Flamengo completa a trinca e ganhou ainda mais problemas, com Vitinho suspenso pelo terceiro amarelo. Diante do Juventude, no Maracanã, o Rubro-Negro buscará mais uma vitória.

MAIS! Poupando? Renato se revolta e parte para o ataque

– Cada jogo do Brasileiro é uma final para gente, e este não será diferente. Vamos entrar respeitando o adversário, mas buscando sempre a vitória. O elenco do Flamengo cada partida pede isso, ganhar. Espero que possamos entrar com essa mentalidade de querer vencer, mas sempre com respeito ao adversário – concluiu o atacante.

Comentários