Publicidade

O Flamengo está vivo no Brasileiro e mantém esperanças na briga pelo título. O clube carioca conseguiu dar resposta, após queda na Copa do Brasil, e bateu o Atlético-MG, neste sábado, no Maracanã. Pressionado e em crise, o Fla adotou uma postura diferente.

Com um 4-4-2, o Flamengo apostou nas bolas longas. Em uma delas, conseguiu abrir o placar no primeiro tempo. Então, o clube carioca recuou para buscar o contra-ataque e segurou o rival mineiro. O zagueiro Léo Pereira analisou a estratégia rubro-negra.

Léo Pereira Flamengo Léo Pereira levou a melhor no duelo com Hulk | Foto: Flamengo / Divulgação

– Isso se deu pelo fato de a gente marcar primeiro e a gente jogou contra uma equipe muito qualificada, candidata ao título. A gente sabia que ia sofrer um pouco. Acredito que isso se deu pelo resultado da partida, que a gente abriu o placar, mas a gente também estava com estratégia de sair no contra-ataque. Tínhamos jogadores rápidos na frente. Foi mais por este lado – declarou o zagueiro.

Relacionadas

Michael Flamengo x Atlético-MG

Léo Pereira defende o Flamengo e rebate Hulk

Publicidade

Na saída do campo, o atacante Hulk reclamou do Flamengo, apontando que o clube carioca fez cera e praticou o antijogo. Léo Pereira rebateu.

MAIS! Jorge Jesus balança com carinho da torcida do Flamengo, mas dá recado

– A gente vem sofrendo nas últimas partidas (com antijogo). Os times vêm aqui, jogam retrancado, por uma bola e acho que faz parte do jogo. Ramon estava passando mal desde o intervalo. Diego Alves sentiu em uma trombada. Normal, ganhar um tempo, mas não que a gente praticou o antijogo. Isso é normal, do time que está na frente querer segurar o jogo, acalmar os ânimos. Acho que o Hulk deu esta declaração por ter perdido o jogo, mas fizemos nosso trabalho bem-feito. Corremos e nos dedicamos ao máximo. O resultado veio – acrescentou.

Publicidade

Léo Pereira foi um dos destaques do Flamengo. O zagueiro teve uma atuação segura (só vacilou em uma saída de bola) e ganhou a maioria dos duelos com Hulk.

– Eu estava muito concentrado. Quando você enfrenta adversário deste nível você tem de estar com a concentração lá em cima. Eu sabia que seria muito difícil marcá-lo. É um jogador de Seleção Brasileira, então estava bem focado e bem preparado para este duelo. Fiquei muito feliz por vencer várias bolas ali e sair vitorioso com os três pontos – finalizou.

Com a vitória, o Flamengo ameniza a crise e diminui a diferença para o líder Atlético-MG para dez pontos. O Rubro-Negro tem dois jogos a menos em relação ao rival. Um deles será pago nesta terça-feira. O Fla vai reencontrar o algoz da Copa do Brasil: o Athletico-PR, na Arena da Baixada.

Comentários