Publicidade

A vitória do Botafogo sobre o Confiança, por 1 a 0, neste sábado (24), em Aracaju, no fim teve um sabor de sorte. Mas não que o adversário estivesse à altura do Alvinegro. O que se viu foi o Botafogo sendo muito mais uma ameaça a si mesmo, tamanho o destempero dentro e fora do campo, diga-se de passagem. A começar pela expulsão de quem mais deveria dar exemplo e passar tranquilidade ao time.

Enderson Moreira Botafogo Vitória do Botafogo foi boa, mas a estreia de Enderson Moreira, péssima | Foto: Vitor Silva / Botafogo / Divulgação

O técnico Enderson Moreira foi a figura negativa da partida, por sua expulsão com agravante. Como pode um treinador assumir um time com a missão de levar equilíbrio ao elenco a fim de cumprir a missão única de voltar à elite do futebol brasileiro? Portou-se como um técnico de várzea ao ofender o quarto árbitro, chamando-o justamente de “despreparado”. Isso aos 14 minutos do segundo tempo.

Leia também

Enderson Moreira dá sinal de que não conta com Rafael Carioca no Botafogo

Publicidade

Alerta: a matemática que o Botafogo precisa fazer se quiser voltar à Série A

Vale lembrar que o Botafogo já estava à frente do placar, ou seja, o nervosismo seria compreensível do outro lado, uma vez que o Confiança está em situação ainda pior na tabela. No entanto, foi Enderson Moreira quem demonstrou destempero após reclamar de um lance trivial, tolo, no meio de campo. Levou o amarelo e deu sequência ao descontrole ao partir para cima do quarto árbitro com ofensas. Nada explica.

Relacionadas

Matheus Fernandes Barcelona
Griezmann Barcelona

Warley também foi expulso ao receber o segundo amarelo. Ele perdeu um lance quando tinha a bola dominada, mas permitiu a abordagem do adversário e acabou fazendo falta infantil, ainda no campo do Confiança. Pior ainda foi seu primeiro cartão amarelo, no início do segundo tempo, quando fez uma falta de ataque, sem a menor necessidade.

Clássico carioca

Publicidade

Mas estes são dois exemplos de como a instabilidade emocional pode prejudicar um time. O Botafogo demonstra problemas básicos em determinados momentos, com erros de fundamentos como passe, recuperação na segunda bola e lançamentos. Que a vitória sobre o Confiança sirva para trazer a confiança que tanto o Alvinegro precisa. Quem sabe era o resultado que faltava para o time entrar nos eixos. No entanto, o prejuízo desse fim de tarde ficou grande, uma vez que Enderson Moreira não estará no banco naquela que seria sua segunda partida, justamente contra o Vasco, no clássico carioca da Série B.

Olha o tamanho do prejuízo, seu Enderson!

Comentários