Publicidade

O técnico do Paris Saint-Germain, Christophe Galtier, introduziu novas regras no clube. Trata-se de um esforço para se livrar das panelinhas que prejudicaram a passagem de seus antecessores, Mauricio Pochettino e, antes dele, Thomas Tuchel. Assim, entre outras regras, as estrelas do PSG não poderão mais usar seus telefones celulares durante as refeições.

Mbappé, Messi e Neymar não terão moleza sob o comando de Christophe Galtier, mas vai funcionar (Foto: Divulgação)

Leia também

Manchester United insiste e busca dar o bote por Antony

Chelsea deixa o Barcelona na saudade e fecha acordo por zagueiro

Publicidade

Bayern de Munique leva joia das categorias de base do Barcelona

Galtier, de 55 anos, chegou no início de junho como técnico do PSG. Ele deixou o cargo no Nice para substituir o demitido Mauricio Pochettino em Paris. Assim, ele já deixou sua marca ao introduzir novas regras rígidas, projetadas para promover mais interação dentro do elenco. Contudo, as regras valem para todos, de acordo com o próprio técnico.

Isso significa que Kylian Mbappé, Lionel Messi, Neymar e companhia não poderão mais usar seus celulares enquanto estiverem na cantina do campo de treinamento, de acordo com o “Marca”. Galtier instruiu todos os jogadores a comerem juntos no Camp des Loges, e não em casa.

Galtier domou elenco do PSG, mas até quando? (Foto: Getty)

Pochettino e Tuchel

Publicidade

Antecessores de Galtier, o técnico Mauricio Pochettino sofreu para manter o foco dentro das quatro linhas. Consequentemente, não conseguiu cumprir o principal objetivo do clube: o título da Champions League. O alemão Thomas Tuchel passou pela mesma situação antes do argentino. Pois foi o próprio Tuchel que narrou seu sofrimento com as vaidades dos jogadores – sobretudo as estrelas Neymar e Mbappé -, depois que deixou o clube. Tinha que cuidar inclusive das vontades de parentes dos jogadores, de acordo com seu relato.

Agora, não há garantia de que os jogadores poderão tomar café da manhã no campo de treinamento. Entretanto, se qualquer um não aparecer para treinar entre 08:30 e 08:45, terá que retornar para casa.

Se Pochettino durou apenas 18 meses como técnico do PSG – seu período no comando foi prejudicado por panelinhas no vestiário -, Galtier causou uma boa impressão até agora. Elogiou Neymar, se dizendo feliz com as atitudes do brasileiro nessa sua primeira fase no clube.

Comentários