Publicidade

A resposta evasiva de Nasser al Khelaifi, presidente do PSG, indica: Neymar perdeu prestígio no clube francês. O dirigente não cravou a permanência do craque e deixou o futuro do brasileiro no ar.

– Não podemos falar sobre estes temas na imprensa. Uns virão, outros irão, mas são negociações privadas – declarou Khelaifi, ao “Marca”, ao ser perguntado se Neymar está nos planos do PSG.

Galeria de Fotos

Segundo “L’Équipe” e “The Sun”, o PSG está disposto a negociar Neymar no mercado da bola. A declaração evasiva de Khelaifi é um indício de que o craque brasileiro não é mais um nome inquestionável do projeto francês, situação bem diferente há um ano.

Relacionadas

Neymar PSG
Neymar PSG

Publicidade

– Tenho orgulho de ver Neymar reafirmar seu compromisso de longo prazo, até 2025, dentro da família Paris Saint-Germain, cujos fãs ele continuará a encantar. Ficamos muito felizes em vê-lo continuar fazendo parte do nosso projeto e ao nosso lado por muitos anos – declarou Khelaifi, em maio de 2021, quando anunciou a renovação de contrato de Neymar.

Neymar perde prestígio no PSG

O que explica, um ano depois, esta mudança de tratamento ao craque brasileiro? O desgaste é cada vez mais evidente. Neymar acumula algumas polêmicas no PSG e ainda vem de uma temporada em que não brilhou.

Neymar PSG Neymar perdeu prestígio no PSG | Foto: Matthias Hangst/Getty Images

O astro brasileiro fechou a última temporada com 13 gols (pior marca desde que chegou à Europa) e oito assistências em 28 jogos. Após a eliminação na Champions League, a torcida francesa passou a pegar no pé do craque brasileiro.

Publicidade

PSG se movimenta e está perto de definir duas contratações

A relação de Neymar com a torcida do PSG, por sinal, é de altos e baixos. Não foi a primeira vez que ele foi vaiado. Em 2018, nos primeiros meses de França, ele foi hostilizado pelos torcedores na vitória por 8 a 0 sobre o Dijon. Na ocasião, Neymar não cedeu uma cobrança de pênalti para Cavani, que poderia se tornar de forma isolada, naquele jogo, o maior artilheiro do clube francês. O brasileiro deu de ombros e foi vaiado pelos torcedores.

Saudade do Barcelona

Contratado em 2017 por 222 milhões de euros – é o jogador mais caro da história -, Neymar demorou a se adaptar ao clube. Em 2019, ele viveu um momento tenso e quis voltar para o Barcelona.

Publicidade

– Quando tomei a decisão que queria sair do Paris Saint-Germain, não foi por causa do torcedor ou clube. Foi porque vi que me sentia melhor em outro lugar – explicou Neymar, no documentário “O Caos Perfeito”.

Bayern quer Cristiano Ronaldo para o lugar de Lewandowski

Depois da turbulência, Neymar se encontrou no PSG e viveu momentos de paz. O craque ficou perto de levar o clube à sonhada conquista da Champions League. Em 2020, o Paris Saint-Germain perdeu a final para o Bayern de Munique.

Neymar Champions League Neymar tombou com o PSG contra o Bayern | Foto: Imago Images

Publicidade

Algo que vem perseguindo Neymar no PSG são as lesões. Na temporada em que mais jogou pelo clube francês, o craque disputou 31 jogos (2020/2021). Ao todo, são 144 partidas pelo Paris Saint-Germain. Da temporada 2017/2018, a primeira do brasileiro, para cá, o PSG fez 268 partidas. Ou seja, Neymar esteve presente em 53,7% dos jogos.

Protagonismo de Mbappé

Outro fator que também ajuda a entender o momento de Neymar no PSG é a consolidação de Kylian Mbappé como protagonista do time. O atacante francês foi contratado na mesma temporada em que Neymar.

O PSG lutou até o fim para não perder Mbappé para o Real Madrid. O astro francês renovou contrato, com status de principal nome do time. Na última temporada, foram 39 gols e 21 assistências em 46 jogos.

Publicidade

Mbappé simplesmente conseguiu ofuscar Neymar e Messi. Enquanto o craque brasileiro convive com incerteza, o astro francês virou a referência do time.

Comentários