Futebol Internacional

Bayern passa pelo Lyon e faz final esperada com o PSG

Bayern comemora a vitória sobre o Lyon (Foto: Uefa)

O Lyon deu mais trabalho que o Barcelona. Mas não foi páreo para o Bayern de Munique, que venceu por 3 a 0 nesta quarta-feira no Estádio José Alvalade, em Lisboa, a esperada semifinal da Champions League. Agora o time alemão vai fazer a grande final no próximo domingo, diante do PSG, que eliminou o Leipzig na véspera. O duelo será às 16h(de Brasília), no Estádio da Luz, em Lisboa. Gnabry foi o nome do jogo marcando dois gols. Lewandowski completou o marcador.

Duelo entre Bayern e Lyon foi equilibrado no começo (Foto: Uefa)

Quando aos três minutos de jogo Depay driblou o goleiro Neuer e chutou à esquerda da trave se imaginou que a zebra ia passear em Portugal. Quando aos 16 minutos Ekambi chutou da pequena área e acertou a trave, desperdiçando o rebote a certeza aumentou. Mas não foi bem isso o que aconteceu.

Leia também

O anúncio oficial do acerto de Koeman com o Barcelona
Por Barcelona veloz, Koeman elege Vinícius Jr.

Gnabry decidiu o jogo

Thony Lopes já tinha salvo o Lyon com um tapinha após chute de Goretzka quando o Bayern de Munique abriu o marcador aos 17 minutos. Gnabry recebeu pela direita, se livrou de três marcadores e mandou o chute certeiro para vencer Lopes.

Gnabry chuta para vencer o goleiro do Lyon (Foto: Uefa)

O gol deixou o Lyon tonto e o Bayern se aproveitou para ampliar aos 32 minutos. Perisic cruzou, Lewandowski completou para o gol, mas Loppes salvou. No rebote, entretanto, Gnabry não deu perdão e estufou a rede.

Bayern fechou caixão com gol do artilheiro

Após administrar vantagem até o intervalo o Bayern voltou para o segundo tempo disposto a matar o jogo nos contra-ataques. Mas o Lyon conseguiu alugar o meio-de-campo e passou a ter grandes oportunidades de descontar. Aos dez minutos Neuer salvou uma cabeçada de Marcelo. Dois minutos depois o arqueiro alemão fez milagre em conclusão de Ekambi.

Bayern comemora a vitória sobre o Lyon (Foto: Uefa)

Aos poucos o Bayern foi controlando a marcação. Tanto que aos 34 minutos só não ampliou porque o gol de Philippe Coutinho foi anulado por um desvio de Goretzka, que estava em posição de impedimento.

Até que aos 42 minutos o Bayern definiu a final. Lewandowski subiu mais do que todo mundo após cobrança de falta de Pavard e cabeceou para o fundo da rede, fazendo a torcida alemã respirar aliviada.

FICHA TÉCNICA
LYON-FRA 0 X 3 BAYERN DE MUNIQUE-ALE

Local: Estádio José Alvalade, em Lisboa (Portugal)
Data: 19 de agosto de 2020 (Quarta-feira)
Árbitro: Antonio Mateu Lahoz (Espanha)
Cartões amarelos: Marcelo, Marçal e Thiago Mendes (Lyon)
Gols:
BAYERN DE MUNIQUE: Gnabry aos 17 e aos 32 minutos do 1º Tempo e Lewandowski aos 42 minutos do 2º Tempo

LYON: Anthony Lopes, Denayer, Marcelo e Marçal (Cherki); Dubois (Tete), Bruno Guimarães (Thiago Mendes), Caqueret, Aouar e Cornet; Depay (Dembélé) e Ekambi (Reine-Adélaïde)
Técnico: Rudi Garcia
BAYERN: Neuer, Kimmich, Boateng, Süle (Alaba) e Davies (Thiago); Tolisso, Goretzka (Pavard), Gnabry (Philippe Coutinho) e Müller; Perisic (Coman) e Lewandowski
Técnico: Hans-Dieter Flick

Você Também pode gostar

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *