Publicidade

O Barcelona vai aceitar metade do valor fixado como opção de compra para vender Philippe Coutinho ao Aston Villa. Contudo, a sensação no clube, segundo o “Sport”, é de alívio.

Fundamentalmente, duas razões explicam por que o Barcelona vai dar este desconto ao Aston Villa. A mais importante é financeira. Enrolado economicamente, o clube espanhol precisa de grana. Mas vai abrir mão de dinheiro? A pressa explica.

Philippe Coutinho Barcelona Philippe Coutinho deve continuar no Aston Villa | Foto: Shaun Botterill/Getty Images

O Barcelona precisa concretizar a venda de Coutinho até o dia 30 de junho para que o valor da transação entre no exercício da temporada 2021/2022. O montante, assim, vai aliviar as perdas financeiras deste período.

Relacionadas

Erik ten Hag
Darwin Núñez

Publicidade

Outro fator que ajuda a explicar é a necessidade de diminuir a folha salarial, até para buscar reforços na próxima temporada. Coutinho é dono de um dos maiores salários do Barcelona.

Real Madrid contrata xerife alemão

O alívio do Barcelona também é técnico. Coutinho não está nos planos do técnico Xavi Hernández para a próxima temporada. Por isso, o esforço para garantir a venda dele o mais rapidamente possível.

Publicidade

Manchester City confirma acordo com Dortmund por Erling Haaland

O Aston Villa, assim, está perto de concretizar a operação por 20 milhões de euros (R$ 108,2 milhões), enquanto a opção de compra está fixada em 40 milhões de euros (R$ 216,4 milhões).

Comentários