Publicidade

A eliminação para o Athletico-PR, na Copa do Brasil, aumentou a crise do Flamengo e fez até mesmo Gabigol conviver com uma situação reprovável. Ídolo do clube, o artilheiro foi alvo de um copo de cerveja no Maracanã.

Até a família de Gabigol foi hostilizada na saída do estádio e escutou inclusive ameaças. O comportamento de alguns membros da torcida deixou o jogador bastante incomodado e ele se manifestou nesta quinta-feira.

Gabigol Flamengo Gabigol foi alvo de agressão no Maracanã | Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

– Deixei o campo chateado com a derrota, revoltado por não conseguir ajudar meu Flamengo e me deparei com uma cena que jamais imaginei que passaria: ser agredido com um copo, que voou em minha direção por torcedores que certamente não representam nossa Nação! – postou Gabigol em suas redes sociais.

Relacionadas

Publicidade

O jogador citou a família e protestou contra a atitude dos torcedores no Maracanã na noite desta quarta-feira.

– Minha vida é o futebol, minha vida é minha família e a eles protegerei sempre! Estão sempre nos jogos torcendo, incentivando e cuidando de mim! Não vou tolerar, em hipótese alguma, que eles sejam alvos de agressões, de ofensas e xingamentos! – continuou.

Foco no Maracanã! Flamengo ainda não pensa em estádio próprio

Gabigol busca superar episódio no Flamengo

Publicidade

O artilheiro encerrou repetindo o discurso da saída do campo, quando previu a volta por cima do time.

– Os acontecimentos de ontem me entristecem demais, mas tenho a certeza de que sairemos ainda mais fortalecidos. O futebol é alegria, é respeito, é empatia, é responsabilidade! Que cada um possa refletir sobre os atos e com eles evoluam para termos um Maracanã como ele deve ser!

Fora da Copa do Brasil, o Flamengo foca agora no Campeonato Brasileiro e no duelo decisivo contra o líder Atlético-MG, neste sábado, no Maracanã.

Comentários