Publicidade

O Flamengo se tornou o clube mais rico da América do Sul nos últimos anos, mas segue sem ter um estádio próprio. Embora com um faturamento bilionário e poderio financeiro crescente, a atual diretoria não tem planos para mudar essa realidade. O foco da gestão de Rodolfo Landim ainda é o velho Maracanã.

A ligação do Mais Querido com o icônico estádio carioca é muito forte e, apesar dos altos custos, o Flamengo espera continuar jogando lá.

Torcida do Flamengo: "O Maraca é nosso!" Flamengo não tem plano para estádio próprio e foca no Maracanã (Divulgação)

– Acho que o Maracanã é absolutamente complementar e essencial a diversas questões que o Flamengo tem hoje do ponto de vista do sócio-torcedor. Construir estádio não passa pela nossa cabeça hoje, plano B para o Maracanã – afirmou o VP de finanças Rodrigo Tostes em entrevista ao “ge”.

Publicidade

O Flamengo, em parceria com o Fluminense, vem gerindo o Maracanã desde abril de 2019, quando o Governo do Rio rompeu o contrato com o consórcio que havia vencido a última licitação. Desde então, a gestão do Maracanã vem sendo renovada a cada seis meses, mas agora o Governo do Rio vai promover uma nova licitação.

Leia Também:

Cancelamento de coletiva no Fla foi ordem de Rodolfo Landim

Situação de Pedro no Flamengo anima torcida do Palmeiras

Publicidade

– Então o Flamengo vai entrar, o presidente está totalmente engajado a ter uma estratégia para gente vencer a licitação, com parceiros que talvez sejam necessários em função do edital – prosseguiu Tostes.

O Governo do Rio não é contrário que clubes participem do processo, mas colocou uma exigência no edital que dificulta a gestão única. Será necessário garantir a realização de 70 jogos por ano no Maracanã, o que nenhum dos grandes clubes do Rio pode assumir sozinho. Assim, a possibilidade de uma parceria entre Flamengo, Fluminense e Vasco é grande. O Botafogo não demonstrou interesse em participar.

Relacionadas

– A estratégia de ter o Maracanã para esse projeto de longo prazo do clube é essencial. Não estou dizendo ter sozinho. O Flamengo jogar no Maracanã e explorar o Maracanã como ativo é um projeto estratégico para os próximos 25 anos – concluiu.

Comentários