Publicidade

O Botafogo está batendo na porta do G-4 da Série B. A vitória sobre o Vila Nova, no Estádio Nilton Santos, neste domingo, fez a diferença para o quarto colocado cair para apenas um ponto, o que significa que o Fogão pode alcançar a quarta colocação na próxima rodada. Para isso, precisa superar um “drama” ao longo do torneio.

Até aqui, o calcanhar de Aquiles do Botafogo na Série B é a campanha como visitante. O Fogão venceu apenas uma vez fora de casa. O clube carioca, agora, tem uma sequência de dois jogos como visitante. O primeiro é, de cara, um teste de fogo. O Botafogo enfrenta o líder Coritiba, no Couto Pereira. Depois, encara o Remo, em Belém.

Rafael Navarro Botafogo Botafogo de Rafael Navarro tem dois desafios seguidos fora de casa | Foto: Vitor Silva / Botafogo / Divulgação

O Botafogo tem sentido na pele que não basta apenas ser um “leão” como mandante. O clube carioca precisa resolver esta “bipolaridade” urgentemente e deixar de ser um “gatinho” fora de casa. Afinal, o desempenho como visitante tem atrapalhado o objetivo de voltar e não sair mais do G-4.

Relacionadas

Chay Botafogo x Vila Nova
Diego Loureiro Botafogo

Publicidade

O Fogão tem apenas uma vitória como visitante. Foi justamente a estreia do técnico Enderson Moreira – triunfo sobre o Confiança. O treinador fez mais dois jogos fora de casa: uma derrota (para o Operário-PR) e um empate (com Guarani).

Botafogo decepciona como visitante

Como visitante, o Fogão tem apenas a 16ª campanha da Série B: uma vitória, quatro empates e cinco derrotas. Os sete pontos conquistados significam um aproveitamento de 23,3%. Pouco para quem quer figurar no G-4.

MAIS! Juninho é o primeiro pontapé do Botafogo por geração de ouro

Publicidade

O cenário é bem diferente quando é mandante. Em casa, o Fogão conquistou 25 dos 30 pontos que disputou: oito vitórias, um empate e uma derrota. Ou seja, aproveitamento de 83,3%. O clube carioca tem a melhor campanha neste recorte.

A sequência de dois jogos fora de casa pode dar o tom para o Botafogo para a sequência da Série B. O clube carioca precisa ser um leão também como visitante. Nada melhor do que começar contra o líder. Nesta sexta-feira, às 21h30 (de Brasília), o Fogão visita o Coritiba, no Couto Pereira.

Comentários