Publicidade

O Vasco já pensa em 2022. Sem chances de acesso, o Gigante da Colina deu o pontapé na reformulação e desligou o técnico Fernando Diniz e o diretor Alexandre Pássaro. O clube tem assuntos importantes a resolver nesta reta final de ano. Um deles envolve Cano.

Artilheiro do Vasco, o argentino tem contrato até o fim do ano. O clube carioca precisa superar um obstáculo para buscar a renovação de Cano. Segundo o “ge”, existe uma dívida de cerca de R$ 3,5 milhões com o atacante, referente a atrasos salariais e variação de câmbio (o acordo tem o dólar como base).

Cano Vasco Cano está em fim de contrato com o Vasco | Foto: Rafael Ribeiro / Vasco / Divulgação

Cano chegou ao Vasco em 2020 e não demorou a conquistar a torcida. O argentino mostrou faro de gols e rapidamente virou ídolo. O artilheiro soma 99 jogos e 43 gols pelo Gigante da Colina.

Relacionadas

Publicidade

O argentino é identificado com o Vasco e vinha conversando com o clube sobre renovação e a dívida. Agora, o clube precisa definir o novo homem-forte do futebol para retomar as conversas e definir o futuro de um dos principais nomes do elenco.

MAIS! Diniz sai em tom ácido: ‘Receitas prontas não vão resolver o problema do Vasco’

O Vasco, além de acelerar os planos para 2022, lida com os impactos de mais um ano na Série B, o que agrava a situação financeira do clube. No caso de Cano, ainda precisa se preocupar com a cobiça, pois é um nome valorizado no mercado da bola.

Comentários