Publicidade

Na luta para escapar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Vasco tem dois jogos seguidos em São Januário. Para evitar a queda, o Gigante da Colina precisa “fazer as pazes” com a própria casa. São Januário tem de voltar a ser um trunfo.

Ricardo Sá Pinto Vasco Ricardo Sá Pinto tem de melhorar o desempenho do time em São Januário | Foto: Divulgação CRVG

O Gigante da Colina amarga sete jogos seguidos sem vencer em São Januário pelo Campeonato Brasileiro. O desempenho como mandante deixa a desejar. Em 11 jogos, foram três vitórias, três empates e cinco derrotas, o que resulta em um aproveitamento de 36,3%.

LEIA MAIS! Sá Pinto balança, mas não joga toalha após semana desastrosa do Vasco

Publicidade

A última vitória em São Januário pelo Brasileiro foi no dia 6 de setembro, sobre o Athletico-PR, pela oitava rodada. De lá para cá, tropeços e mais tropeços e time na zona de rebaixamento.

Vasco em São Januário no Brasileiro

Não à toa o Vasco despencou na tabela do Campeonato Brasileiro e se encontra na 17ª posição. São sete jogos seguidos sem vencer em casa pela competição. Um peso muito grande para quem briga para fugir da zona de rebaixamento.

LEIA MAIS! Te cuida, portuga! Aumenta a pressão por Vanderlei Luxemburgo no Vasco

Publicidade

Em São Januário, o Vasco venceu Sport, São Paulo e Athletico-PR e empatou com Grêmio, Bragantino e Fortaleza. As derrotas na Colina foram para Atlético-GO, Flamengo, Corinthians, Palmeiras e Ceará.

LEIA MAIS! Torcida organizada do Vasco exibe faixa e faz cobrança por melhora

Na 17ª colocação, com 24 pontos em 23 jogos, o Vasco recebe o Fluminense, neste domingo, às 20h30, em São Januário. E depois encara o Santos, no dia 20, também na Colina. O time precisa voltar a fazer diferença em São Januário o mais rapidamente possível.