Vasco

Quebrando o Porquinho! Quais foram as maiores contratações do Vasco no século

Montoya (Divulgação/CRVG)

Desde o início dos anos 2000 o Vasco não tem sido capaz de realizar grandes contratações no mercado da bola. A ‘Era de Ouro’, que durou de 1989 a 2000, passou, e com ela o poderio financeiro do clube.

Em 1999, com a parceria com o banco norte-americano Nations Bank, o Cruzmaltino repatriou Edmundo por 15 milhões de dólares. Aquela foi a maior transferência já paga por um clube brasileiro até então. Entretanto, de 2001 em diante, o clube não figura na lista das maiores 100 contratações do país.

Para se ter uma ideia do poder financeiro do Vasco, ao câmbio de hoje, a compra de Edmundo equivale ao valor pago pelo Flamengo para comprar Gabigol, ou seja, perto de 80 milhões de Reais. Ela só perde para a transferência de Carlos Tévez ao Corinthians em 2005.

Nas últimas duas décadas, o Cruzmaltino vive uma realidade diferente. As constantes crises políticas e financeiras abalaram a estrutura do clube, que agora tenta se recuperar.

Leia também:

Paciência acabando! Vasco quer decisão de Guarín até domingo

Quem é Guilherme Parede, atacante na mira do Vasco?

Confira o levantamento do MAIS QUE UM JOGO, que mostra os 10 jogadores mais caros comprados pelo Vasco no século 21. Os valores são em euros e a fonte é o site Transfermarkt, especializado em transferências de atletas.

10. Léo Gago – 470 mil

Léo Gago (Divulgação CRVG)

Em 2010 o Vasco contratou o volante Léo Gago, do Avaí. Teve poucas oportunidades e no segundo semestre foi emprestado ao Coritiba.

9. Jonas – 600 mil

Jonas (Divulgação/CRVG)

O lateral-direito Jonas teve parte de seus direitos adquiridos em 2012, junto ao Coritiba. No ano seguinte foi negociado com o Athletico Paranaense.

8. Rodrigo Pimpão – 750 mil

Rodrigo Pimpão (Divulgação/CRVG)

No início de 2009, o Vasco apostou no então desconhecido atacante Rodrigo Pimpão, revelado pelo Paraná Clube.

7. Ramon Motta – 830 mil

 

Ramon (Divulgação/CRVG)

O lateral-esquerdo Ramon chegou ao Vasco em 2009 por empréstimo junto ao Internacional. No ano seguinte, teve seus direitos adquiridos em definitivo. Deixou o Vasco no meio de 2011 e retornou em 2017. Segue em São Januário.

6. Alecsandro – 1 milhão

Alecsandro (Divulgação CRVG)

Outro que trocou o Inter pelo Vasco foi o atacante Alecsandro. Ele foi anunciado pelo Cruzmaltino em 2011 e alcançou a artilharia do time no ano seguinte.

5. Santiago Montoya – 1,1 milhão

Montoya (Divulgação/CRVG)

Em junho de 2013 o Vasco fez investiu no jovem colombiano Santiago Montoya. O meia ofensivo foi teve 80% de seus direitos adquiridos junto ao All Boys, da Argentina. Não conseguiu se firmar e, sem espaço na equipe, foi emprestado dois anos depois ao Vitória de Guimarães, de Portugal.

4. Bernardo – 1,45 milhão

Bernardo (Divulgação CRVG)

O meia ofensivo Bernardo veio por empréstimo junto ao Cruzeiro e foi um dos destaques do Vasco em 2011. No início da temporada seguinte teve seus direitos comprados. Viveu altos e baixos no clube até o fim do contrato em dezembro de 2015.

2. Fellipe Bastos – 1,5 milhão

Fellipe Bastos (Divulgação CRVG)

Éder Luís – 1,5 milhão

Éder Luís (Divulgação/Vasco da Gama)

Empatados no segundo posto aparecem o volante Fellipe Bastos e o atacante Éder Luís. Os dois já estavam em São Januário por empréstimo junto ao Benfica, de Portugal, quando tiveram seus direitos adquiridos em 2012.

1. Diego Souza – 2,0 milhões

Diego Souza (Divulgação/CRVG)

No primeiro posto da lista aparece o atacante Diego Souza. Ele foi negociado com o Atlético-MG no início de 2011 e foi um dos destaques da ótima temporada do Vasco. Em julho do ano seguinte foi para o futebol árabe e rendeu um bom lucro ao Cruzmaltino.

Você Também pode gostar