Publicidade

O técnico Fernando Diniz tem grandes chances de ficar no Vasco mesmo se o time não conseguir o acesso. Isso porque a sintonia do treinador com o presidente do clube, Jorge Salgado, pode ser vista desde a chegada do comandante do elenco.

A situação ficou mais evidente ainda esta semana, quando São Januário se transformou em um caldeirão. O presidente do Vasco foi alvo de muitas críticas por ter dito que a diretoria estudava dois possíveis cenários, acesso à Série e A e permanência na B. A repercussão das palavras do mandatário foram bastante negativas, uma vez que para os vascaínos o foco deveria ser total na vaga no G-4.

Fernando Diniz com Salgado na chegada ao Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco)

A situação para Salgado piorou ainda mais com a derrota para o Guarani na noite desta quinta-feira. O resultado reduziu as chances do Cruzmaltino terminar a competição entre os quatro primeiros.

MAIS! Vasco se divide entre a tristeza e a esperança

Publicidade

Após a partida, entretanto, o técnico Fernando Diniz saiu em defesa do dirigente.

– Eu não sei qual foi o contexto que o presidente disse isso, mas ele também é um cara extremamente positivo. Eu tenho certeza que também acredita no acesso. Eu tenho um alinhamento muito grande com ele. ele é um cara sério, ele está fazendo tudo que pode para entregar um Vasco muito melhor do que aquele que ele pegou – afirmou Diniz.

– É uma pessoa que tem meu respeito e admiração, fico muito feliz de poder trabalhar com ele. Ele tem o meu carinho e sei que ele é uma pessoa extremamente séria. Independente de eu estar aqui ou não, pessoas como o senhor Jorge Salgado fazem bem ao futebol – elogiou.

Relacionadas

Jorge Salgado Vasco

Publicidade

Com 47 pontos na oitava colocação, o vasco jogará todas as suas fichas no clássico do próximo domingo contra o Botafogo. Uma vitória manterá a chama acesa, mas o time terá de vencer os outros quatro jogos restantes além de secar os concorrentes.

Comentários