Publicidade

O Brusque só terá um dia de treino antes de enfrentar o Vasco na próxima sexta-feira. Além disso, essa única atividade deve se concentrar prioritariamente na recuperação dos atletas que atuaram diante do Sampaio Corrêa. Isso porque a equipe passou a quarta-feira inteira se deslocando de São Luís do Maranhão para sua cidade em Santa Catarina.

A delegação da equipe catarinense deixou a capital nordestina por volta das nove da manhã e fizeram escalas em Salvador-BA e São Paulo. Após pousar no aeroporto de Navegantes-SC, partiram de ônibus para Brusque, onde chegaram depois das 23 horas.

Edu Júnior é o artilheiro da Série B e trunfo do Brusque
para duelo contra o Vasco (Foto: Lucas Gabriel/Brusque)

A partida no Castelão, na noite de terça-feira, teve um desempenho heroico do Brusque, que saiu perdendo por 2 a 0 e conseguiu o empate diante dos maranhenses.

Publicidade

– A continuidade do sistema vai depender do estado atlético que vai estar cada um. Nós não vamos ter tempo para treinar. Nós vamos sair amanhã por volta das nove horas da manhã aqui do Maranhão e vamos chegar quase meia noite na nossa casa em Brusque – afirmou o técnico Waguinho Dias em sua coletiva no Castelão.

Leia Também:

Diniz prepara mudanças no Vasco para duelo com Brusque

Só um milagre! Vasco dorme mais longe do G-4 e pressão aumenta

Publicidade

– Aí vai descansar na quinta-feira e eu tenho que fazer alguma coisa, mas ainda não sei o que vamos planejar. Vai depender de como cada um vai estar, da temperatura em Brusque, pra jogar já na sexta-feira. Então não tem que inventar nada e sermos práticos – completou.

Além do cansaço, a equipe terá alguns desfalques certos para enfrentar o Vasco. O goleiro Zé Carlos e o meia Thiago alagoano estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Ruan Carneiro voltará a ser o titular no gol do Brusque e o ex-vasco Jhon Cley deve aparecer na vaga do meio campo.

Relacionadas

Fernando Diniz Vasco

Se o Vasco precisa da vitória para continuar sonhando com o acesso à Série A, a situação do Brusque também é preocupante. Com 29 pontos e na 15ª colocação, a equipe Catarinense, portanto, quer se afastar da zona do rebaixamento. Assim, o resultado positivo em casa pode ser um alívio na luta da equipe para permanecer na Série B em 2022.

Comentários