Publicidade

O Vasco começou bem o Campeonato Brasileiro, mas despencou na tabela e está atualmente na zona de rebaixamento. Para piorar, os cruzmaltinos vêm de goleada sofrida em casa para o Ceará.

Alexandre Campello pregou foco na sequência da temporada (Foto: Twitter)

O presidente Alexandre Campello admitiu que após a partida houve uma cobrança ainda no vestiário de São Januário.

– O que eu posso falar sobre o momento atual do futebol do clube é que obviamente estou muito decepcionado, assim como qualquer outro vascaíno, bastante insatisfeito. As cobranças têm acontecido. Na segunda-feira, após o jogo dentro do vestiário nós tivemos uma conversa dura, uma conversa de cobrança. Uma cobrança feita para todos, comissão técnica, funcionários, jogadores e a própria diretoria – disse ao Globoesporte.com.

Publicidade

Campello afirmou que espera uma reação da equipe na Série A pela qualidade do elenco.

– A gente entende que esse é um momento que requer uma concentração muito grande, que cada um de nós precisa dar algo algo mais, precisa ter uma entrega maior do que a que vem sendo dada para que a gente saia dessa situação. É inadmissível que o Vasco esteja na posição que está no Brasileiro com o elenco que tem. O Vasco não tem um elenco que justifique estar nessa posição. Acredito que, com o elenco que temos, deveríamos estar numa posição bem superior em relação à que nós nos encontramos hoje – declarou.

Leia também:

Publicidade

Vasco vem decepcionando como mandante na temporada

Grupo faz protesto em frente a CT

O Vasco terá a chance de ter um pouco de tranquilidade nesta quinta-feira, quando recebe o Defensa Y Justicia-ARG. Os cruzmaltinos jogam por um empate sem gols para avançar às quartas de final da Sul-Americana.