Publicidade

O Vasco conseguiu acabar com a sequência negativa no Campeonato Brasileiro e venceu o Santos. O resultado deu esperança para os cruzmaltinos tentarem sair da zona de rebaixamento.

Ribamar não caiu nas graças da torcida cruzmaltina (Foto: Getty)

Só que nem tudo foi alegria em São Januário. Após a partida, os jogadores que não iniciaram o confronto normalmente realizam um treino no campo. No entanto, o atacante Ribamar pediu para não fazer o trabalho.

O caso causou estranheza e mal estar na comissão técnica vascaína. A explicação dada foi que Ribamar sofreu um mal estar no banco durante o jogo e pediu para não treinar.

Publicidade

Mas o pedido de Ribamar pode ter outra explicação. O jogador tem contrato de empréstimo até o dia 31 de dezembro com o Vasco. O clube carioca não procurou o Ohod-ARA para a extensão do vínculo.

Com isso, Ribamar só teria mais uma partida com a camisa do Vasco: contra o Athletico, em Curitiba. No entanto, após a atitude deste domingo, dificilmente o atacante irá ser relacionado para a próxima partida.

Leia também:

Publicidade

Em tratamento intensivo, Benítez pode não jogar mais pelo Vasco

Sá Pinto quer Vasco fora do Z-4 na próxima rodada

A saída de Ribamar não deve ser lamentada pela torcida vascaína. O jogador foi muito criticado, principalmente após a eliminação na Sul-Americana, quando desperdiçou diversas chances claras de marcar.

Publicidade

Ribamar chegou ao Vasco em 2018, a pedido do então técnico Alberto Valentim. No clube, o atacante disputou 64 jogos e marcou somente oito gols.