MQJ Memória

Brasil tem doce lembrança contra a Costa Rica

Brasil Costa Rica 2002
Rivaldo balançou a rede da Costa Rica em 2002 | Foto: VANDERLEI ALMEIDA/AFP via Getty Images

O Brasil começa a caminhada na Copa América contra a Costa Rica, nesta segunda-feira, às 22h (horário de Brasília), em Los Angeles. O MQJ MEMÓRIA, então, entra em campo para relembrar um confronto de doce lembrança para a Seleção Brasileira.

Em 2002, na campanha do pentacampeonato, o Brasil atropelou a Costa Rica na fase de grupos da Copa do Mundo. Por sinal, um jogo animado e com um belo gol de Edmílson naquele 5 a 2.

A vitória do Brasil sobre a Costa Rica em 2002

A Seleção Brasileira entrou em campo naquele 13 de junho, na Coreia do Sul, já classificada para as oitavas de final, após vencer a Turquia por 2 a 1, na estreia, e depois a China por 4 a 0. Assim, Felipão poupou alguns jogadores.

Copa América histórica: quando Adriano Imperador tirou o sorriso do rosto da Argentina

Roque Júnior, Roberto Carlos e Ronaldinho Gaúcho foram preservados. Chance, então, para Edmílson, Júnior e Edílson. O Brasil não demorou a construir o placar. Ronaldo Fenômeno marcou aos dez minutos e aos 13.

Ronaldo brilhou na vitória do Brasil sobre a Costa Rica em 2002

Ronaldo marcou duas vezes naquele duelo | Foto: JIMIN LAI/AFP via Getty Images

Edmílson, aos 38, fez um golaço até acrobático. Ele emendou um belo voleio, no gol mais bonito daquela vitória. A Seleção, contudo, viu a Costa Rica reagir. Paulo Wanchope diminuiu um minuto depois.

Há 20 anos, Grécia surpreendeu Portugal de Cristiano Ronaldo e Felipão na Eurocopa

Na etapa final, aos 11 minutos, Rónald Gómez fez o segundo para a Costa Rica. Entretanto, o Brasil acordou e logo ampliou. Rivaldo, aos 17, fez 4 a 2. Dois minutos depois, Júnior fez o quinto da Seleção.

Moral para o mata-mata

O Brasil, assim, carimbou a classificação com nove pontos e rumou para o mata-mata cheio de moral. A Seleção fez história em 2002, com uma campanha perfeita (sete vitórias) e mais um título mundial na conta.

Recordar é viver! Os destaques do Brasileirão de 2014

Naquele duelo com a Costa Rica, Felipão escalou o time da seguinte forma: Marcos; Cafu, Lúcio, Edmílson e Júnior; Anderson Polga, Gilberto Silva, Juninho Paulista e Rivaldo; Edílson e Ronaldo. Kléberson, Ricardinho e Kaká entraram na etapa final.

Kaká no duelo entre Brasil e Costa Rica em 2002

Kaká entrou na etapa final | Foto: ANTONIO SCORZA/AFP via Getty Images

Com aquela derrota, a Costa Rica, que era comandada pelo brasileiro Alexandre Guimarães, ficou em terceiro lugar do grupo e se despediu da Copa do Mundo.

Você Também pode gostar