MQJ Memória

Há 20 anos, Grécia surpreendeu Portugal de Cristiano Ronaldo e Felipão na Eurocopa

Felipão Portugal Grécia Euro 2004
Felipão não acredita: Portugal parou na Grécia | Foto: VINCENZO PINTO/AFP via Getty Images

A bola começou a rolar para a Eurocopa, recheada de craques e promessa de muita emoção. Quem vai levar o título? Alguma favorita ou a zebra vai aparecer na Alemanha, sede do torneio? Há 20 anos, uma surpresa daquelas marcou a competição. O MQJ MEMÓRIA, então, relembra a conquista da Grécia.

O título grego foi uma das maiores zebras do século XXI. Em 2004, a França de Thuram, Zidane, Henry e Trezeguet, entre outros, defendia o título. Campeã em 2000, a seleção francesa era uma das favoritas. Contudo, caiu justamente para a Grécia.

Por sinal, a seleção grega não figurava no bloco das favoritas. Além da França, Portugal, como anfitrião, Itália, vice em 2000, Holanda e Inglaterra tinham cartaz, vamos dizer assim, maior.

A Euro de 2004 da Grécia

Contudo, a Grécia “aprontou”. De cara, deixou uma seleção considerada mais forte pelo caminho. A Espanha sobrou no Grupo A, que também tinha Portugal e Rússia. O cartão de visitas grego, por sinal, foi o primeiro balde de água fria nos portugueses.

Copa América histórica: quando Adriano Imperador tirou o sorriso do rosto da Argentina

No dia 12 de junho de 2004, na abertura do Grupo A, a Grécia venceu Portugal por 2 a 1, no Estádio do Dragão. Georgius Karagounis, aos sete minutos, abriu o placar, enquanto Angelos Basinas, de pênalti, ampliou. Cristiano Ronaldo, aos 45 da etapa final, descontou.

Recordar é viver! Os destaques do Brasileirão de 2014

O anfitrião Portugal era comando por Felipão, campeão mundial com a Seleção Brasileira dois anos antes. O elenco português era badalado, com nomes como Fernando Couto, Deco, Figo, Rui Costa, Pauleta, Simão Sabrosa e Cristiano Ronaldo, à época em sua primeira Euro.

Felipão Portugal

Felipão bateu na trave na Euro de 2004 | Foto: LLUIS GENE/AFP via Getty Images

Na sequência, a Grécia empatou por 1 a 1 com a Espanha. Morientes abriu o placar. Contudo, Angelos Charisteas deixou tudo igual. Na última rodada, os gregos caíram diante da Rússia, que venceu por 2 a 1. Entretanto, Portugal venceu a Espanha. Assim, no critério de desempate, a seleção grega avançou na segunda colocação.

O mata-mata e reencontro com Portugal

Nas quartas de final, a Grécia teve a badalada França pela frente. A zebra apareceu no Estádio José Alvalade, em Lisboa. Angelos Charisteas fez o gol da vitória por 1 a 0.

Novo técnico do Barcelona humilhou o clube catalão na época de Bayern de Munique

A Grécia, então, enfrentou a República Tcheca na semifinal. Na prorrogação, ganhou por 1 a 0, com Traianos Dellas como o herói da classificação. A final reservaria o reencontro com Portugal.

A seleção portuguesa era a grande favorita no Estádio da Luz. Entretanto, sucumbiu novamente. Aos 12 minutos da etapa final, Angelos Charisteas fez o gol da vitória grega por 1 a 0.

Grécia surpeendeu na Euro 2004

A festa da Grécia em Portugal: título da Euro | Foto: SORIANO/FIFE/AFP via Getty Images

Felipão mandou a campo o seguinte time: Ricardo; Miguel, Jorge Andrade, Ricardo Carvalho e Nuno Valente; Costinha, Deco, Maniche e Figo; Cristiano Ronaldo e Pauleta; Paulo Ferreira, Rui Costa e Nuno Gomes entraram.

Cristiano Ronaldo Euro 2004

A decepção de Cristiano Ronaldo | Foto: ARIS MESSINIS/AFP via Getty Images

A histórica Grécia, comandada pelo alemão Otto Rehhagel, atuou da seguinte forma: Antonios Nikopolidis; Giourkas Seitaridis, Traianos Dellas, Mihalis Kapsis e Takis Fyssas; Angelos Basinas, Kostas Katsouranis, Theo Zagorakis e Stelios Giannakopoulos; Angelos Charisteas e Zisis Vryzas. Stelio Venetidis e Dimitrios Papadopoulos entraram na etapa final.

Você Também pode gostar

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *