Publicidade

Kimi tem corrido para ajudar Vettel a vencer (Foto: Ferrari.com)

A imprensa esportiva italiana é famosa por “carregar nas tintas” sobre diversos assuntos. Quando o tema é a Ferrari, então, nem se fala. Agora, é o finlandês Kimi Raikkonen a bola da vez: ele foi apontado como um fantoche para o sucesso do alemão Sebastian Vettel, piloto número um da escuderia, no Mundial de Fórmula-1 desta temporada.

No Grande Prêmio da China, a Ferrari manteve Kimi na pista, em vez de realizar a troca de pneus, com o intuito de atrasar Valtteri Bottas para que Vettel conseguisse se aproximar e ultrapassar o piloto da Mercedes. Desde o ano passado a equipe italiana tem usado o mesmo expediente para beneficiar o alemão.

Como fica?

Publicidade

Campeão com a Ferrari em 2007, Kimi Raikkonen vinha sendo muito criticado desde o seu retorno a Maranello, mas a imprensa e a torcida, agora, estão ao seu lado. As escolhas feitas em detrimento do finlandês, segundo a mídia especializada, podem acabar com o clima de harmonia existente na equipe.

Leia também:

Você lembra os campeões nacionais na última Copa do Mundo?
Neymar faz lista de possíveis destaques na Copa do Mundo
Barbieri é o 17º técnico da história do Flamengo na Libertadores
Salários dos árbitros? Saiba quanto o mundo paga aos juízes
Começou bem? Veja média de gols da 1ª rodada do Brasileirão da era pontos corridos
Quais foram os campeões brasileiros em anos de Copa do Mundo
7 a 1 de novo? Relembre outras vezes que o placar apareceu