Publicidade

Cinco anos após chegar ao Shakthar Donetsk, da Ucrânia, o brasileiro Bernard deixou o clube. Está livre para negociar com qualquer equipe do planeta, sem custos. Cairia bem no seu clube? Pois saiba que ele não é único.

Confira lista com brasileiros livres pelo mundo e que podem ser boa opção para vestir a camisa do seu time.

Miranda – titular absoluto da Seleção Brasileira na Rússia, o zagueiro estará livre após a Copa do Mundo. Seu salário na Inter de Milão está em torno de R$ 1,5 milhão.

Zagueiro é titular absoluto da Seleção Brasileira de Tite (Foto: Pedro Martins / MoWA Press) Zagueiro é titular absoluto da Seleção Brasileira de Tite (Foto: Pedro Martins / MoWA Press)

Publicidade

Romarinho – depois de se destacar pelo Corinthians, ganhou mundo e foi parar no Al Jazira, nos Emirados Árabes. Contrato com termina no dia 30 de junho, sendo que Romarinho não é muito conhecido no mercado europeu. Tem 27 anos.

Sem espaço no mercado europeu, Romarinho pode ter futuro atrelado ao Brasil (Fifa - Divulgação) Sem espaço no mercado europeu, Romarinho pode ter futuro atrelado ao Brasil (Fifa – Divulgação)

Ailton – atacante, tem contrato com o Al-Dhafra até o fim deste mês de junho. No Brasil, vestiu a camisa do Atlético Mineiro, Tupi e Corinthians de Alagoas. No exterior, atuou na Suécia, Dinamarca, Chipre e Rússia, antes de partir para o mundo árabe.

Diego Cavalieri – seu clube mais recente foi o Crystal Palace, da Inglaterra, após longo período no Fluminense. Atualmente sem time para defender, Cavalieri mantém acordo com o Tricolor das Laranjeiras. O valor da rescisão com o Fluminense chegou a R$ 6,1 milhões.

Diego Cavalieri deixou o Fluminense para retornar ao futebol inglês (Site oficial do Crystal Palace) Diego Cavalieri deixou o Fluminense para retornar ao futebol inglês (Site oficial do Crystal Palace)

Publicidade

Leia também:

Conheça os maiores artilheiros das 32 seleções que disputam a Copa do Mundo da Rússia
Quem o Brasil mais enfrentou em Copas do Mundo? Veja a lista de adversários
‘Valor Brasil’ da seleção de Tite é mais baixo que em 2014 e 2010
Brasileiros que jogaram pelo Manchester United: relembre as histórias
Top 10: os jogadores mais valiosos que estão fora da Copa do Mundo
Os técnicos do Brasil em todas as Copas: Tite se junta a seleto grupo

Zé Love – atacante, ex-Santos, Palmeiras, Coritiba, Figueirense, Goiás e Vitória, foi tentar a sorte em terras árabes. Atualmente defende o Al Faisaly, da Arábia Saudita, mas o contrato está no fim e não vai ser renovado. Tem 30 anos.

Zé Love jogou com Neymar com a camisa do Santos (Foto - Santos / Divulgação) Zé Love jogou com Neymar com a camisa do Santos (Foto – Santos / Divulgação)

Publicidade

Felipe Santana – com passagem pelo futebol alemão e russo, o zagueiro foi dispensado no início do ano pelo Atlético Mineiro.

Anderson – Ex-Manchester United, o volante tem um acordo de rescisão com o Internacional, seu mais recente clube. Recebe cerca de R$ 1,5 milhão por ano. Seu clube mais recente foi o Coritiba. Tem 29 anos.

Anderson fez história no Manchester United (Foto: Arquivo Premier League) Anderson fez história no Manchester United (Foto: Arquivo Premier League)

Nilmar – salário não definido, mas chegou a ganhar R$ 10,9 milhões/ano.
Foi convidado pelo Corinthians, mas não levou o projeto adiante. Aos 33 anos, Nilmar enfrenta problemas de saúde, como um diagnóstico de depressão. Teve passagem rápida pelo Santos, no ano passado.

Nilmar esteve recentemente no Santos, mas deixou o clube por vontade própria (Foto - Fifa / Divulgação) Nilmar esteve recentemente no Santos, mas deixou o clube por vontade própria (Foto – Fifa / Divulgação)

Publicidade

Rafael Cabral – goleiro atualmente sem clube, vestiu recentemente a camisa do Napoli, da Itália. Já defendeu a Seleção Brasileira, olímpica e principal, entre 2011 e 2012. Tem 28 anos.

Bernard

 

Salário R$ 19 milhões/ano. Finalizamos, é claro, com Bernard. Meio de campo ofensivo, veloz, de apenas 25 anos, que se destacou no Atlético-MG, antes de seguir para o exterior.

De saída, Bernard ficou cinco temporadas na Ucrânia | Foto: Divulgação Shakhtar