Publicidade

A decisão do PSG de dispensar Thomas Tuchel foi surpreendente, mas porque se esperava algo assim mais para frente. O técnico alemão foi despedido na véspera do Natal e poucas horas depois de vencer o Estrasburgo por 4 a 0. Seu nome, porém, não demorou muito para ser vinculado a outros clubes. Principalmente ao Arsenal, que atravessa uma crise de resultados que colocam Mikel Arteta em alerta.

Arteta, Arsenal Arteta tinha prestígio no Arsenal, mas agora é uma incógnita | Foto: Arsenal / Divulgação

Ele está no clube há um ano, mas teve apenas um lampejo de sucesso ao ganhar FA Cup e o Community Shield no início dos trabalhos. No entanto, desde o início da temporada o que se viu foi um desastre. O Arsenal está a quatro pontos do rebaixamento e o espanhola em situação delicada. Venceu apenas um dos últimos 10 jogos, além da eliminação na Copa da Liga, após a derrota que o Manchester City (4 a 1). A demissão do treinador parece ser questão de tempo, mas agora ficou mais em evidência.

O Arsenal enfrenta o Chelsea neste sábado, mas depois visita Brighton e West Bromwich em uma maratona. Dependendo dos resultados o nome de Tuchel aparece no horizonte. De acordo com o Mirror, o técnico alemão seria um sério candidato para substituir o espanhol, embora no momento tudo pareça mais especulação do que informação sólida. Seja como for, Arteta enfrenta os próximos jogos mais questionado do que nunca, mas também ansioso para reverter essa situação.

Leia também

Publicidade

Para celebrar recorde, empresa dá cervejas para goleiros que sofreram com Messi

Diego Costa deve sair em janeiro do Atlético de Madrid