Publicidade

O goleiro Pep Reina ajudou a Lazio a derrotar o Zenit por 3 a 1 pela Champions League. Mas ele conseguiu mais do que isso. Superou Xavi na lista dos jogadores com mais partidas internacionais na Europa. Agora o goleiro espanhol é o terceiro colocado.

Pep Reina no top 3 dos jogadores com mais jogos internacionais (Foto: Lazio)

Reina chegou a 174 partidas em competições internacionais, como Champions League, Liga Europa, Mundial de Clubes e Supercopa da Europa. Xavi, que foi ídolo do Barcelona, mas que já pendurou as chuteiras, tem 173 jogos.

Leia também

Plano do Manchester City para Messi é para o resto da vida
“Plano Messi” no Manchester City esbarra em Sterling e De Bruyne. Entenda!

Publicidade

Das 174 partidas internacionais de Reina a maioria, 84, foram pelo Liverpool. Na Lazio são apenas três. Pelo Napoli foram 32 jogos, com 38 pelo Villarreal, 11 pelo Barcelona e 6 pelo Milan. Abaixo a lista dos jogadores com mais partidas internacionais na Europa:

6 – Buffon

Buffon é a cara da Juventus (Foto: Calcio)

O goleiro italiano Buffon, que brilhou e fez história com a camisa da Juventus, tem 166 jogos internacionais.

5 – Paolo Maldini

Paolo Maldini fez história no Milan (Foto: Calcio)

O defensor italiano Paolo Maldini, ídolo do Milan, jogou 168 partidas internacionais.

4 – Xavi

Xavi fez história com a camisa do Barcelona (Foto: Miguel Ruiz / FCB / Divulgação)

Agora Xavi deixou o top 3 com 173 partidas internacionais.

3 – Reina

Pepe Reina é um dos goleiros da lista (Foto: Uefa)

O novo integrante do Top 3 é Reina, com 174 jogos

2 – Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo comemora o seu gol contra o Ferenchavos (Foto: Uefa)

Rumo ao primeiro lugar aparece Cristiano Ronaldo, com 180 jogos internacionais. Marca que completou na vitória de 2 a 1 sobre o Ferencváros da Hungria. Ele fez um gol.

1 – Casillas

Ninguém jogou mais do que Casillas (Foto: Real Madrid)

O goleiro Casillas, que já pendurou as chuteiras e foi ídolo de Real Madrid e Porto, tem 186 jogos internacionais e lidera a relação. Mas provavelmente por pouco tempo. Se a Juventus for finalista as chances de CR7 o superar já este ano são enormes.