Publicidade

A renovação de Pep Guardiola está garantida, mas há muito o que fazer no Manchester City. O clube agora trabalha para garantir as renovações de Sterling e De Bruyne, que ainda assim só terminam em 2023. No entanto, a meta está fora dos domínios de Manchester, na Espanha. O plano é manter o foco em Lionel Messi, que depois de um fim de temporada conturbado, aceitou ficar mais um ano no Barcelona.

Sterling e De Bruyne (direita) na fila para renovação no Manchester City antes do Plano Messi Sterling e De Bruyne (direita) na fila para renovação no Manchester City antes do Plano Messi – Foto: SHAUN BOTTERILL/POOL/AFP via Getty Images)

De acordo com o Daily Mirror, o Manchester City quer renovar com Sterling e De Bruyne o mais rapidamente possível para dedicar o mês de janeiro ao tema Messi. Pois foi esse fator que pesou muito na renovação do próprio Guardiola. Garantir desde já Sterling e De Bruyne deixa a diretoria à vontade para pensar apenas no argentino.

De Bruyne, por sinal, já disse publicamente que quer renovar logo. Ele tem na mesa um contrato de 350 mil libras semanais – cerca de R$ 2,5 milhões – até junho de 2025. As conversas com Sterling não estão num patamar tão avançado, mas o inglês ganha atualmente 300 mil libras semanais – em torno de R$ 2.1 milhões.

Leia também

Publicidade

Barcelona afunda em uma sangria financeira chamada Dembélé

Agente de Cristiano Ronaldo entrega o futuro do craque