Publicidade

A Premier League vem dando mais um sinal do poderio econômico que tem. Os clubes ingleses estão caprichando no mercado da bola. Até aqui, eles somam 1 bilhão de euros (R$ 5,4 bilhões) em contratações.

A nível de comparação, na temporada passada, a Premier League movimentou quase 1,7 bilhão de euros (R$ 9,2 bilhões). Se levarmos em conta que ainda tem janela pela frente, além da do inverno europeu, os números podem ser superados, até com uma “folga”.

Galeria de Fotos

Até o momento, apenas três clubes da Premier League não gastaram em reforços: Bournemouth, Everton e Leicester. Por enquanto… mas, de qualquer maneira, os demais clubes “compensam”.

Relacionadas

Neymar PSG

Publicidade

O Manchester City, por exemplo, está na liderança até o momento. O time de Pep Guardiola já investiu 108,75 milhões de euros (R$ 592,6 milhões) em reforços. Erling Haaland custou 60 milhões de euros (R$ 326,9 milhões), enquanto Kalvin Phillips foi contratado por 48,75 milhões de euros (R$ 265,6 milhões).

Haaland Manchester City Premier League Haaland é reforço de peso do City | Foto: Manchester City / Divulgação

O Leeds United também passou da casa dos três dígitos: são 105,64 milhões de euros (R$ 575,6 milhões) em contratações, com destaque para Brenden Aaronson, que custou 32,84 milhões de euros (R$ 178,9 milhões).

Premier League ‘assusta’ o mercado da bola

O Arsenal está na terceira colocação do mercado da bola, até aqui. São 97,06 milhões de euros (R$ 528,9 milhões) investidos em reforços. O mais caro é Gabriel Jesus: 52,2 milhões de euros (R$ 284,4 milhões).

Publicidade

Arsenal ataca o Manchester City de novo e encaminha contratação

O novo dono do Chelsea começou a fazer barulho no mercado da bola. O clube já investiu 94,2 milhões de euros (R$ 513,3 milhões) no mercado da bola. Sterling custou 56,2 milhões de euros (R$ 306,2 milhões), enquanto Koulibaly foi contratado por 38 milhões de euros (R$ 207 milhões).

Juventus e quatro ingleses lutam por Pau Torres

Publicidade

O Tottenham, com 87,2 milhões de euros (R$ 475,1 milhões), também merece destaque. O técnico Antonio Conte ganhou Richarlison como reforço. O atacante brasileiro custou 58 milhões de euros (R$ 316 milhões).

Richarlison Tottenham Richarlison está de casa nova na Premier League | Foto: Han Myung-Gu/Getty Images

O Liverpool também está nesta turma que puxou os investimentos no mercado da bola. O time de Jürgen Klopp já gastou 85,8 milhões de euros (R$ 467,5 milhões), com destaque para Darwin Núñez, contratado por 75 milhões de euros (R$ 408,7 milhões).

Comentários