Publicidade

O atacante Neymar fez história na noite desta quinta-feira na vitória sobre o Peru. Ao marcar o segundo gol canarinho ele se tornou o maior artilheiro do Brasil na história das Eliminatórias para Copa do Mundo. O jogador do PSG balançou as redes 12 vezes pela competição.

Neymar deixou para trás duas lendas do futebol brasileiro. Antes do ex-jogador do Barcelona, Pelé e Zico dividiam a artilharia da Seleção Brasileira em Eliminatórias com 11 gols anotados. Agora foram superados por Neymar.

Neymar comemora seu gol (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Neymar dificilmente vai perder este posto de tão cedo. Isso porque, abaixo de Zico e Pelé, aparecem apenas jogadores que já penduraram as chuteiras pela Seleção Brasileira. Com 10 gols anotados aparecem Luis Fabiano, Kaká, Ronaldo e Tostão.

Publicidade

MAIS! Argentina bate Bolívia com show de Messi

Desses todos Pelé e Tostão ganharam a Copa do Mundo. O primeiro foi tri, vencendo em 1958, 1962 e 1970. Já Tostão venceu em 1970. Kaká integrou o plantel campeão em 2002. Ronaldo foi reserva no tetra de 1994 e o grande nome na conquista de 2002. Romário brilhou no título de 1994, tendo ainda jogado em 1990. Zico não conseguiu o caneco, mesmo jogando as edições de 1978, 1982 e 1986. Luis Fabiano disputou o torneio em 2010.

Relacionadas

Alexsander Ceferin

Neymar disputou a Copa do Mundo em 2014 e 2018. Entretanto ainda persegue seu primeiro título de Mundial pelo Brasil. O jogador já ganhou a Copa das Confederações e a medalha de ouro olímpica com a Seleção Brasileira.

Comentários