Publicidade

A busca por um técnico para o Tottenham deu outra reviravolta, depois que o clube desistiu das negociações com Gennaro Gattuso. O italiano era o favorito até esta quinta-feira (17), quando deixou a Fiorentina após apenas 23 dias no cargo, sendo que a diretoria dos Spurs havia cancelado o acerto com Paulo Fonseca. O clube londrino mudou de ideia em relação a Gattuso movido por reação da torcida, que rechaçou o nome do italiano.

Gattuso Gattuso seria a solução do Tottenham, mas a torcida disse “não” | Foto: Imago Images

Os torcedores do Tottenham estão em choque coma diretoria, sobretudo após a decisão do clube de abraçar a Superliga Europeia, que acabou em fiasco. Nos trends do Twitter, na noite dessa quinta-feira, a hashtag #NoToGattuso ganhou evidência, mas sobretudo como reação aos dirigentes. Eles tentam aplacar essa fúria, daí a desistência em relação ao nome de Gattuso.

LEIA TAMBÉM

Seleção Brasileira prega calma e confia em Gabigol: ‘Ele vai brilhar’

Publicidade

Chelsea busca seduzir a Inter de Milão e avança por Achraf Hakimi

“Consideramos o sentimento do torcedor para tomar decisões e o fizemos de forma muito clara. Estamos da necessidade de agir de acordo com suas preocupações, em relação a potenciais candidatos gerenciais”, diz comunicado dos dirigentes.

Caos total

É mais uma reviravolta na busca caótica pelo sucessor de José Mourinho, que agora está em sua nona semana. Nove semanas sem um nome para assumir o time. É o segundo mais longo processo de recrutamento de treinador nos últimos setenta anos na história do clube. O Spurs estava em negociações avançadas com o ex-técnico do Chelsea, Antonio Conte, que trabalhou com o diretor-gerente de futebol, Fabio Paratici, na Juventus. No entanto, não deu certo já por reação de torcedores.

Publicidade

Eles também cortejaram Mauricio Pochettino, mas não conseguiram tirá-lo de seu atual clube, o Paris St Germain. Já o ex-técnico da Roma, Paulo Fonseca, conversou com dirigentes do Tottenham nesta semana. Ele estava pronto para ingressar no clube, o que acabou se transformando numa “passagem relâmpago”.

Comentários