Publicidade

Kylian Mbappé está a cada dia mais próximo do Real Madrid, ao que parece. Embora jogador e clube silenciem, o assunto é dado como certo pela imprensa esportiva espanhola na próxima janela de transferências. No entanto, uma nova surgiu nesta quarta-feira (3), nas declarações e ninguém menos que Neymar.

Mbappé e Lionel Messi podem ser as grandes estrelas da próxima janela de transferências – Foto: FRANCK FIFE,JOHANNES EISELE/AFP via Getty Images)

Após a vitória do PSG sobre o Manchester United, no Old Trafford, o brasileiro declarou à imprensa que quer voltar a jogar com Lionel Messi. Mas não ficou por aí. Afirmou que “no ano que vem teremos isso”. Confira aqui mais detalhes.

Conquanto não tenha percebido, Neymar colocou lenha na fogueira. Ele ofereceu um raio de esperança que caiu direto no Santiago Bernabéu. Embora Neymar não deixe claro onde seria esse encontro, dificilmente aconteceria no Barcelona. O clube catalão atravessa dificuldades financeiras, agravadas pela pandemia da Covid-19. O único cenário possível, assim, seria o PSG. No entanto, o clube francês tem uma outra estrela no ataque, de 21 anos.

Neymar nos tempos de parceria com Messi, no Barcelona (Divulgação) Neymar nos tempos de parceria com Messi, no Barcelona… chances no PSG? (Divulgação)

Publicidade

Mbappé tem driblado Leonardo Araújo, diretor esportivo do Paris Saint-Germain, quando o assunto é renovação de contrato. O clube quer esticar o vínculo com o jogador até 2025, mas o jogador se cala sobre o assunto. Já desmarcou reuniões para tratar do assunto, inclusive. O Real Madrid, por sua vez, poupou o que pôde na última janela de transferências para investir forte na próxima, passada a pandemia – espera-se. Só assim, para tirar Mbappé de um clube rico como o PSG.

Assim, a saída de Mbappé colocaria Messi no colo do Paris Saint-Germain, atendendo ao desejo de sua grande estrela, Neymar.

Leia também

Neymar exige escolher reforços para renovar com o PSG

Publicidade

Mas há um contraponto aí, um “porém” chamado Manchester City. Este seria o endereço de Lionel Messi, caso tivesse saído do Barcelona no meio deste ano. Agrada muito ao argentino trabalhar junto com Pep Guardiola novamente. Assim, o mercado da bola promete ser bem disputado em 2021. Veremos.